Total de visualizações de página

Visitem também outros Blogs de seu interesse = Como: ===== Image and video hosting by TinyPic=====Image and video hosting by TinyPic=====Image and video hosting by TinyPic

Clik Noticias

Loading...
Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

domingo, 29 de abril de 2012

Cacau & Caetano 29/04/12

Cacau & Caetano

     Cresceram em Itapetinga, na Bahia, localizada a 580 km de Salvador. Tocam e cantam juntos desde a primeira vez que se encontraram, casualmente, em um bar de sua cidade natal, em 2002. 

Durante muito tempo os dois cantaram juntos em diversas ocasiões, porém a carreira profissional como dupla caminhava distante, visto que Cacau residia na capital baiana e Caetano continuava no interior.        

sábado, 28 de abril de 2012

Edson e Roberta 27/04/12

 Edson e Roberta
Começou sua história conjunta como dupla, em meados de Janeiro de 2007.

Como milhares de outros cantores, tiveram suas primeiras experiências vocais em corais de igreja e reuniões familiares. Antes da formação da dupla, investiu na estruturação de uma banda baile, a qual depois do suposto desmembramento, hoje compõe os músicos da dupla Edson e Roberta.
            De 2007 até agora, buscaram incansavelmente a divulgação do trabalho. No mesmo ano gravaram o primeiro cd, intitulado “Bem que eu te falei”, que para a surpresa da dupla teve uma grande repercurção na cidade de origem, Nerópolis, onde a música foi a mais pedida durante semanas consecutivas. Começava ai, um grande desafio, conciliar a música ao trabalho paralelo e aos estudos. Várias músicas foram compostas, e com muito esforço e apoio dos amigos e cidadãos de microempresas da região, conseguiram gravar no ano de 2009, seu mais novo álbum, intitulado “Jogo de Amor”.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Adriel e Samuel 26/04/12

Adriel e Samuel
dupla formada a 5 anos. Um Capixaba e outro Mineiro de Governador Valadares.
Saíram do Espírito santo para Valadares / MG e encontraram o lugar que valoriza a música sertaneja.
Cantam um repertório bastante sertanejo raiz e universitário e também músicas de autoria da dupla nos seus shows e aonde passam.
Gravaram um Cd com varias regravações e uma de autoria deles que é o título do cd que é (viver sem você).
Recentemente gravaram um Dvd com músicas próprias e algumas regravações. E como espelho eles tem duas grandes duplas sertanejas que os inspiram Chitãozinho e Xororó e Zezé di camargo e Luciano.
Biografia enviada por king

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Batô e Fernando 25/04/12

Batô e Fernando
            Dupla do momento Batô e Fernando está com sucesso estourado nas paradas em todo o Brasil "Pega a Senha" ao Vivo, o mais novo álbum dessa dupla sertaneja que é sucesso por onde passa.
A vocação para a música começou cedo. O gosto pela música caipira também. Há cerca de cinco anos, Batô e Fernando juntaram a harmonia de suas vozes e mostram a cada dia o seu talento. Apesar do pouco tempo juntos os meninos encaram a profissão escolhida com muita determinação.
Nasceram em cidades diferentes e percorreram caminhos diferentes. Mas o destino se encarregou de unir a dupla. Batô (Fábio Augusto Palermo) é natural de Aparecida do Taboado, Mato Grosso do Sul. Aos três anos de idade, mudou-se para Ivinhema, onde permaneceu sua infância.

terça-feira, 24 de abril de 2012

César e Caio: 24/04/12

 César e Caio: 
  Tive o prazer de conhecer em Santo André-SP, onde moro,
 A jovem dupla, César e Caio dois jovens que estão iniciando sua carreira artística e fazendo também um bom trabalho pela Música Caipira Raiz. 
Os irmãos César Augusto da Costa Teixeira Lemos (27/07/1975) e Caio Júlio César Teixeira Lemos (26/10/1977), "nasceram naquela serra" em Botucatu-SP, cidade que é um verdadeiro "Celeiro de Músicos Caipiras Raiz", conforme já foi mencionado na página dedicada aos Três Botucatuenses. 
            César cursava Análise de Sistema em Lins-SP e já cantava, porém, um outro estilo de música: o Rock. E Caio praticava Capoeira e também ouvia muita Música Raiz. 


segunda-feira, 23 de abril de 2012

JOSÉ FORTUNA 23/04/12

JOSÉ FORTUNA
Nasceu na cidade de Itápolis, Estado de São Paulo, no dia 02 de outubro de 1923.Compôs sua primeira música no dia 26 de setembro de 1942, mas desde cedo, ainda criança, em suas andanças com o pai pela lavoura, já escrevia versos com pedaços de madeira, no chão de terra por onde caminhava. Sua primeira música gravada foi a “Moda das Flores”, no dia 04 de abril de 1944, por Tôrres e Florêncio, e desde então nunca mais parou. Nos próximos quarenta anos ele comporia e gravaria perto de duas mil músicas, algumas com mais de cinquenta regravações.   

domingo, 22 de abril de 2012

Tais e Gildinho 22/04/12

Tais e Gildinho
Nascidos em Santo Antônio de Posse, interior de São Paulo, Tais em 07 de novembro de 1993 e Gildinho em 16 de dezembro de 1989, a dupla contagia a todos com suas canções.
Gildinho, aos 9 anos de idade, em consulta de rotina, apresentou um quadro depressivo, de causa desconhecida. O médico indicou que ele fizesse alguma atividade cultural ou esportiva, para combater a depressão.
Gildinho foi matriculado na Escola de Música Atenas, no curso de violão. Passadas algumas aulas, observou-se que seu dom era os teclados e não o violão.

sábado, 21 de abril de 2012

O Pioneiro da musica caipira raiz.21/04/12

Cornélio Pires.
O Pioneiro da musica caipira raiz.

A turma caipira de Cornélio Pires.

Foto histórica de 1929, vendo-se da esquerda para a direita, em pé: Ferrinho, empunhando a "puíta", Sebastião Ortiz de Camargo (Sebastiãozinho), Caçula, Arlindo Santana; Mariano, Cornélio Pires e Zico Dias.
O Bandeirante da Música Caipira
Jornalista, escritor, poeta, folclorista e cantador, ele foi o primeiro a gravar um disco de música caipira. É também obra sua a divulgação desta música, através de um Teatro Ambulante.
A história do disco caipira, de tão grande sucesso nos dias atuais, começa em maio de 1929, com a primeira gravação da Turma de Cornélio Pires.
Eram um 78 rotações de rótulo vermelho, que levava o selo Columbia. De um lado, “Jorginho do Sertão” e, do outro, “Moda de Pião”, ambas de autoria do próprio Cornélio.
E quem seria Cornélio Pires, considerado o “bandeirante da música caipira”?
Natural da cidade de Tietê (SP), escritor, folclorista, Jornalista, poeta e cantador, Cornélio nasceu a mais de cem anos atrás, em 1884.
Foi com ele que a música sertaneja passou a ser encarada sob o ponto de vista profissional. A princípio, por volta de 1914, Cornélio dedicava-se a organizar espetáculos pelo interior de São Paulo, para divulgar a arte caipira e apresentar artistas sertanejos: eram as Conferências Cornélio Pires.
Com o passar do tempo, aquelas apresentações tomaram jeito de espetáculos, e foi a essa altura que Cornélio Pires tomou a iniciativa de gravar um disco. Ao chegar em São Paulo, porém , viu seu grande sonho cair água abaixo : gravadora alguma queria arriscar um tipo de música que , acreditavam , não teria receptividade junto ao público.

Kasser & Kelvin, 21/04/12

Kasser & Kelvin,
             Indiscutivelmente uma das melhores duplas sertanejas do Brasil, com seu espetáculo de canções, alegria e emoção produzem no público sensações únicas!
Em meados do ano de 1998 dois sonhadores se encontraram na cidade de Jundiaí-SP e iniciaram uma carreira brilhante e sólida. Após anos de perseverança e apoio de amigos, fãs e familiares gravaram seu primeiro trabalho o álbum Amor de Mulher, com um dos mais respeitados e admirados repertórios entre o estilo sertanejo moderno. Com produção e logística independente surpreenderam mais uma vez, levando ao público 250 mil cópias.
Parcerias com profissionais honestos e competentes têm consolidado ainda mais, o trabalho que visa atingir os quatro cantos do país.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Nilo e Nelson 20/04/12

Nilo e Nelson
            Carlos Pedroso Krette (Nilo), natural de São Paulo - SP
Aparecido Lopes de Almeida (Nelson), natural de Clementina - SP
            Certamente suas histórias têm muito em comum com a trajetória e a vivência dos artistas que atuam na música sertaneja. Nilo primeira voz da dupla, ganhou seu primeiro violão na adolescência e de lá para cá se envolveu com a música, incentivado por familiares e amigos, estes responsáveis por apresentar a autêntica música sertaneja como a catira, guarania, bolero, pagode, rasqueado e outros estilos. Atuou com outros parceiros tocando na noite e participando de festivais; e como o rio busca o mar, apresentamos a mais harmoniosa parceria que ambos buscaram até então, acreditamos, que o melhor desse aprendizado da escola do tempo, se mostra agora, ao encontrar em Nelson a segunda voz compatível e com uma experiência semelhante a sua. Nelson que ainda menino iniciou seu trabalho na vida do campo e este convívio com as coisas da roça influenciou sua personalidade musical.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Marcio e Thiago Lopes 09/04/12

 Marcio e Thiago Loopes

A dupla, MÁRCIO & THYAGO LOPES tem uma história legal e tudo começou em meados do ano de 2000 onde despontou em Thyago Lopes o interesse pela música, tendo como incentivo e inspiração o Márcio que é seu tio. A partir daí, Thyago Lopes começou a tomar aulas de violão e aulas de canto com a professora Laura Lovaco, considerada uma das melhores de Maringá e com um know-how invejável. Thyago Lopes participou de alguns concursos de vídeokê pela cidade fazendo dupla com Márcio, mas nada sério apenas como hobby. Gravou um cd gospel pela Igreja Unção e Vida de Maringá e sempre que possível “dava suas palhinhas” nos bares, boates que freqüentava e com isso foi ficando conhecido, as pessoas foram gostando do seu timbre de voz diferenciado. Márcio iniciou sua carreira musical desde cedo, aprendendo a tocar violão olhando o pai e não foi nada fácil porque pelo fato de seu pai – o senhor Osvaldo – ser canhoto, o modo que usa os dedos no violão é diferente dos acordes normais, mas como a vontade e a persistência eram grandes, logo se adaptou e aprendeu a dar suas primeiras batidas e os primeiros acordes com o auxílio das revistas de músicas cifradas, e a primeira música que conseguiu tirar foi do Roberto Carlos. Tocava junto com o pai nas festas de família e em churrascos entre amigos.

domingo, 15 de abril de 2012

César Oliveira & Rogério Melo 15/04/12

César Oliveira & Rogério Melo

     Amigos de muitos anos, criados juntos na cidade de São Gabriel, César Oliveira e Rogério Melo dividem o mesmo apreço pela arte e pelo folclore da pampa gaúcha. Honrar, valorizar e celebrar a força desta cultura é o objetivo de ambos.
Atuando como dueto desde 2001, hoje César Oliveira & Rogério Melo são uns dos artistas mais reconhecidos no cenário cultural do sul do país. Extremamente vinculados à música terrinha têm um público cativo e crescente, o que coloca seus discos entre os mais vendidos do estado.
Juntos, gravaram oito CDs e dois DVDs.
A cada trabalho, o dueto consolida seu prestígio perante a crítica   o mercado e seus admiradores e deixa uma marca indelével na história da música gaúcha. Em 2008, o Brasil também reconheceu ao talento de César Oliveira & Rogério Melo agraciando-os com o Prêmio TIM de Música de melhor dupla regional do país.

sábado, 14 de abril de 2012

Rominho 14/04/12

Rominho
 O cantor é o mais recente fenômeno de Campo Grande/MS, aonde sua fama vem em ritmo ascendente por conta do sucesso do seu estilo, que ele denomina como “folia sertaneja”. “Em meu trabalho, faço a junção do sertanejo sul-mato-grossense com as precursões baianas”.
Com pouco mais de um ano de carreira, Rominho já é sensação no circuito de festas e exposições da região Centro-Oeste. Sua afinidade com a música sertaneja vem de longa data. Na infância, chegou a fazer parte da dupla Rominho & Michel. Seu parceiro era ninguém menos que o hoje consagrado Michel Teló.
            Mais um exemplo de artista digital, Rominho já tem um punhado de hits disseminados pelas redes sociais, Foi justamente por meio YouTube que ele foi descoberto por Silvio Rodriguez. Para amplificar o sucesso em escala nacional o empresário promete lançar o novo CD do artista. O produto sairá pela SDR Music.
Em dezembro cheguei ao mercado a primeira faixa de trabalho, EU ACABO COM VOCÊ.
Outro hit em potencial do disco é JOELINHO. Corre a história de que Rominho compôs a música a partir de um episódio em que uma fã empolgada se enganchou no seu joelho e não queria mais largá-lo.
TELEFONE(S)
(11)3868-2728
 www.rominhooficial.com.br/
 contatorominho@hotmail.com

Riachão e Riachinho 14/04/12

Riachão e Riachinho
Vitório Cioffi, o Riachão, nasceu em 1934; Orlando Cioffi (Falecido).
O Riachinho nasceu em 1937, ambos na Fazenda Quincas Dias do fazendeiro Joaquim Dias, no município de Jimirim - MG, lugarejo anteriormente conhecido como Machadinho, hoje em dia, Poço Fundo.
Vitório e Orlando vieram de uma Família de bastante Riqueza Musical e Folclórica, com cinco irmãos cantadores: as duplas "Riachão e Riachinho", Moreno e Moreninho (Pedro e João Cioffi) e também o Catireiro (Omero Cioffi) que, além de apresentar alguns programas regionais de TV, também integrou a dupla "Batipé e Catireiro".
"Riachão e Riachinho" gravaram o primeiro disco 78 RPM no ano de 1955, na gravadora Colúmbia (Nº CB-10219), tendo no Lado A a toada "Despedida" (Priminho - Nhô Zé) e, no Lado B, a moda de viola "Castigo de Santos Reis" (Moreninho - Roque José de Almeida).
         No mesmo ano, a dupla gravou o segundo disco 78 RPM, também na Colúmbia (Nº CB-10231), tendo no Lado A a moda de viola "Boi Assombração" (Teddy Vieira - Zico) e, no Lado B, o cururu "Índio Paulistano" (Teddy Vieira - Lourival dos Santos - Piraci).
Em 1956, "Riachão e Riachinho" gravaram o terceiro disco 78 RPM, também na Colúmbia (Nº CB-10241), tendo no Lado A o hino "Ave Maria" (Teddy Vieira - Aldny Faya) e, no Lado B, a moda de viola "Mutirão do Italiano" (Teddy Vieira - Aldny Faya).

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Os Dois Mineiros 13/04/12

Os Dois Mineiros
Nascidos na Região do Vale do Rio Doce, Leste de Minas Gerais, os irmãos (Antero de Souza Lima e Almezino de Souza Lima), tiveram uma infância humilde e cheia de muitas dificuldades com altos e baixos como a de todos os jovens que nasceram na Zona Rural : sem televisão, sem internet e sem celular. Somente um rádio de pilha era o guia para buscar o gosto pela musica caipira.(a música raíz).
Os filhos do pequeno agricultor-lavrador - Nicolino de Souza Lima e da Dama do Lar, Nervialina Nunes de Lima,(em memória), trabalharam na roça desde pequenos, plantando: milho, arroz, feijão, amendoim, cana-de-açúcar, mandioca, café, araruta, inhame, batata, banana e muitas outras culturas do Leste de Minas.
Desde que viviam la no sítio Souza Lima, na Estrada da Fumaça, em São Francisco do Jataí,no município de Itanhomi, no Leste Mineiro,eles ja sonhavam com a vida artística. Nas suas imaginações transformavam o som da enxada em som de viola, ao "carpir" as ervas daninhas no milharal, arrozal, feijoal e entre os becos do cafezal.Faziam versos da garapa saída das moendas dos engenhos, dos cocões, dos carros-de-bois, nas madrugadas sertanejas. Na olaria,faziam música do gualapo e da grade, quando fabricavam telhas cobucas, o retrato do telhado das casas dos caboclos interioranos.


quinta-feira, 12 de abril de 2012

Caipira mais que caipira 12/04/12

  "Viola Minha Viola”.
Caipira mais que caipira

O “Viola, Minha Viola é um dos mais antigos programas no ar pela televisão brasileira”. Com quase 32 anos de transmissão ininterrupta, o programa é apresentado pela cantora e folclorista Inezita Barroso, que fez do palco do Teatro Franco Zampari um altar da tradicional música de raiz.
Ignez Magdalena Aranha de Lima, seu nome de batismo, nasceu no bairro da Barra Funda, em São Paulo. Filha de família tradicional paulistana, Inezita tem um coração caipira, recheado de amor pelas tradições populares.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

James & Rapha 11/04/12

James & Rapha
A dupla; James & Rapha começou sua carreira em 2007 dentro dos estúdios da Áudio work, onde são produtores. Publicitários, os dois sempre levam suas idéias criativas para os Shows deixando cada dia mais interessante e diferente.
Eles se apresentam sempre nas melhores casas sertanejas de Ribeirão Preto e Região (Villa Sertaneja, Os Caipiras, Água Doce Cachaçaria, Café Cancun, Empório Brasília...) e também nos melhores Shows, Rodeios e Circuitos Sertanejos do interior (Monte Alto, Cajurú, Sertãozinho, Barrinha, Guará, Altinópolis, Araxá(Minas), Franca, Batatais, Bebedouro...).
            A dupla é muito conhecida no meio universitário, em parceira com empresas de eventos, estão presentes na maioria das festas de faculdades da região. Até agora já foram mais de 400 apresentações pela região, com uma média de 15 shows por mês.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Sulino e Marrueiro, os violeiros.09/04/12

 Sulino e Marrueiro, os violeiros.
         Somente a partir de 1970 é que a maioria dos brasileiros passou a viver nas cidades, vilas e distritos; no censo daquele ano o percentual nas áreas rurais caiu para 44,1%.
Era assim, o quadro populacional do País, com o agravante de, na época, ser baixo o índice de alfabetização e as pessoas se comunicarem face a face, na forma oral; o rádio era o único vínculo regular de contato com as regiões urbanas. Entre 1945 e 1960, por exemplo, o número de estações de rádio no Brasil aumentou de menos de 100 para mais de 800.

domingo, 8 de abril de 2012

Mogiano e Mogianinho 08/04/12

Mogiano e Mogianinho
Na década de 50, precisamente em 1957 incentivados pela família e por amigos surge a dupla "Irmãos Moreno" (José dos Santos Moreno e João Cleto). Naturais de Mogi-Mirim, interior do estado de São Paulo, adotam o nome artístico de "Mogiano e Mogianinho".
O pai da dupla, o Sr. Pedro Moreno foi o maior incentivador dos meninos e os levou para a capital paulista, onde já conseguiram contrato com a antiga Rádio Nacional (hoje Rádio Globo), permanecendo nessa emissora durante 8 anos. Passaram pelas principais emissoras paulistas.
Na década de 70 foram para a televisão, onde trabalharam na TV Bandeirantes e Globo. 

Simão e Sabino 08/04/12

Simão e Sabino
Simão - (Osvaldo Teixeira da Silva), nascido na Cidade de Franca – São Paulo, em 22 de dezembro, sempre gostou de música Sertaneja. Cresceu ouvindo as Duplas Sertanejas da época: Caçula e Marinheiro, Tião Carreiro e Pardinho, Pedro Bento e Zé da Estrada, depois de algum tempo mudou - se para São Paulo - Capital, onde conheceu o Sabino.
Sabino - (José Rodrigues de Arruda Filho), nascido em Tuparetama - PE, em 04 de junho, deixou sua Terra Natal e veio morar com sua família em Pereira Barreto - SP.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Zilo e Zalo 05/04/12

Zilo e Zalo
Zilo e Zalo são de uma dupla sertaneja formada pelos irmãos
Aníbio Pereira de Sousa, o Zilo (Santa Cruz do Rio Pardo SP 1935-São Paulo SP 2002) e Belizário Pereira de Sousa, o Zalo (Santa Cruz do Rio Pardo 1937-).
Passaram toda a infância no sítio que seus pais possuíam na terra natal. Começaram a cantar ainda meninos, respectivamente com 11 e 9 anos, em bailes e coretos de igreja nos fins de semana.
Em 1954 estrearam em rádio num programa da Rádio Difusora, em Santa Cruz do Rio Pardo.
         Nesse mesmo ano, mudaram-se com a família para São Paulo SP e, no ano seguinte, ficou entre os dez primeiros colocados do Festival Jubileu de Prata, da Rádio Record. Logo começaram a cantar no programa Casa dos Fazendeiros, na Rádio Cultura.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Zezeti e Ademir 03/04/12

Zezeti e Ademir
         José Elói da Silva (Zezeti), natural de São Jorge do Ivaí-PR, e Ademir Francisco Pereira (Ademir), de Apucarana-PR, se conheceram em 1993, mas a formação da dupla só veio acontecer no início de julho de 1999, com incentivo e participação do amigo da dupla, Orlando Garcia
No ano seguinte, deram início à preparação do repertório musical para gravação do álbum A DANÇA DO PEÃO, com a produção de Carlinhos Fernandes e arranjos do maestro Edinho Souza, a gravação do CD foi realizada nos Estúdios Mesopotâmia, em Londrina-PR, no final do ano 2000, e o lançamento em 2001, alcançando maior sucesso com as músicas: Saudade Country (Rick/Alexandre); Meu Sertão (Zezeti) e Minha Luz (Ademir). Zezeti e Ademir, naquela oportunidade, visando fortalecer a divulgação do CD, realizaram um grande show na Festa do Peão de Barretos/2001.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Canário e Passarinho 02/04/12

Canário e Passarinho
         A dupla sertaneja, Canário e Passarinho são formados pelos irmãos Antônio Bérgamo, o Canário (Altinópolis SP/1934) e Pedro Bérgamo, o Passarinho (Altinópolis SP/1936). 
Trabalharam inicialmente na lavoura, cantando em festas na escola.
Em 1959, com o nome de Canário e Canarinho, participaram das eliminatórias do segundo torneio Roda de Violeiros, na Rádio Clube de Orlândia SP, obtendo sucesso.
Viajaram depois para São Paulo - onde Canarinho adotou o nome de Passarinho, começando a trabalhar como faxineiros de hotel, participando em seguida do programa Alvorada Cabocla, de Nhô Zé, na Rádio Nacional.
Em 1961, a dupla foi aprovada num teste da Chantecler, gravando seu primeiro disco, Adeus (Aparecido Ferreira e Canário) e Romaria trágica (Anacleto Rosas Júnior).
Dois anos depois, a dupla gravou seu primeiro LP na Continental, destacando-se Gaiola de ouro (da dupla) e Eu, ela e o garçom (José Ferreira e Canário).

Cultura