Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Paulo Cruz e Zé Eduardo

Paulo Cruz e Zé Eduardo
Release

A dupla Paulo Cruz e Zé Eduardo, violeiros dos mais autênticos caipiras.
Com 9 anos de carreira, possuem 06 CDs gravados, sendo 4 CDs independente, e 1 gravado pela Gravadora Tocantins.1 DVD bem a moda antiga viola e violão
A dupla se formou e começou em Cuiabá (MT) .atualmente residem em Jundiaí (SP).
Paulo Cruz, nasceu em Itambacuri, Minas Gerais, é o violeiro da dupla, faz a primeira voz, toca a viola e além disso é compositor.
Zé eduardo, nasceu em Jucimeira (MT), toca violão e faz voz terça na dupla.
A dupla faz show com viola e violão, ou acompanhado com a banda.

Para contratar apresentações, ligue:
(11)2817-0020 ( escritório elenir peron)
(11) 7521.3552 (Elenir Peron)




Silvaneto e Matarazo
Começou o trabalho
Musical nos anos 80, sendo que, Alan Kardec Sebastião de Souza,
Pseudônimo Silvaneto, é natural de Morrinhos/GO. Aílton Mates da
Silva, pseudônimo nome artístico Matarazo, é natural de Canápolis/MG.
Anteriormente, já haviam formado outras duplas. Foi em Uberlândia,
Nos anos 80, que iniciaram o trabalho da dupla Silvaneto e Matarazo,
Cantando em churrascarias, bares e points da cidade. A partir daí
Gravaram 2 discos na época, sendo que até no ano 1994, a dupla, fez
Shows por várias partes do país. No dia 28 de novembro de 1994,
Matarazo por motivos particulares interrompeu a carreira artística,
Onde foi morar em Goiânia, trabalhando em uma empresa como Funcionário.
Silvaneto continuou com sua carreira musical, gravando,
outros álbuns com demais artistas, e fazendo free lance com vários
bandas. Incentivado por vários amigos, como o cantor e compositor
Ronaldo Adriano, o compositor Lucas Paragon, o compositor Sebastião
Rodovalho, Osmar (Gráfica Roma) e outros tantos amigos. Matarazo, em
2007 decidiram recomeçar a carreira.






“Bátima & Robson”
É mais uma prova que toda criatividade – santa criatividade, Batman! - é pouca quando se trata de batizar duplas sertanejas.

Afinal, “Bátima & Robson” é o nome de uma dupla sertaneja mineira, que começou a carreira em Brasilândia, uma cidade de cerca de 10 mil habitantes do Distrito Federal.
Nascido em Unai, Minas Gerais, “Bátima” é o nome artístico de Arthur Fonseca Rocha. O nome original de “Robson” é Júnior José da Mota, mineiro de Patos de Minas.

Ficou curioso para ouvir o trabalho da dupla sertaneja? A música Fazendo o Chão Tremer” -, lançado em 2008.

Segundo os cantores, a idéia de homenagear os super-heróis Batman e Robin veio de uma jornalista do “Correio Brasiliense”.
Ainda assim, outras duplas caipiras também esbanjaram criatividade na hora de escolher um nome – o Blog do Curioso já falou do “Conde e Drácula”, lembra?

Você se lembra de mais alguma dupla sertaneja com nomes… exóticos?
Envie-me,,,,,,,,,


Trio Andorinha

Integrantes:
Lucas, Raquel e Carolina

Idade: 13; 13 e 17 anos
Moram em: Suzano SP
Tempo de carreira: 4 anos
História

O grupo é formado pelas irmãs Raquel e Carolina e o primo Lucas, que começaram por animar as reuniões de família, festinhas na escola e fazerem parte do coral da igreja. Mas há mais ou menos dois anos o trio passou a receber convites para tocar em quermesses e participar de festivais regionais, tendo conquistado em 2007 o primeiro lugar no 14º Festival de Música Sertaneja de Suzano.
Em 2008 o Segundo lugar no 15º Festival de Música Sertaneja de Suzano.
Em 2009 está Classificado na final do 16º Festival de Música Sertaneja de Suzano.




João Carreiro & Capataz
A dupla dos “Brutos” João Carreiro e capataz surpreenderam o mercado sertanejo essa semana ao lançar um CD especial que demorou dois anos para se concretizar.
A primeira vista me lembrou a banda “O Rapa” com seu “Lado A – Lado B”. Por que a banda “O Rapa”? Não só pela menção do Tal “Lado A – Lado B, mas também pela revolução que a banda causou entre os jovens, que hoje não são tão jovens assim.
João Carreiro & Capataz é um estilo como dizemos no Country “Mio da Galáxia”. Os meninos têm uma pegada e uma forma reta de levar a carreira, que no mínimo deveria causar vergonha em grandes artistas. São “Cowboys Forever”.
Independente de agradar a maioria busca gravar suas idéias bem no estilo Cowboy de ser. Na marra.
Depois que os “Abeias” tomaram conta do mercado, com músicas para radinhos e sem pegadas. Os fracos se encontraram na tendência.
Cowboys não procura agradar a ninguém, vivem uma particularidade fiel só observando os tombos alheios sem perder as origens.
Desde que o mundo é mundo homem é um “bicho” burro. Adora bater a cabeça, seguindo caminhos que irão o derrubar.
A Liga do Sertanejo é o Romântico. Vou falar assim por que os “Burros” não conseguem entender o que é “Modão” e fazem modinhas para um público infiel.
Essa é a realidade de hoje no sertanejo. “Sertanejo de um público só”.
É um bando de artistas achando que esta arrasando e na realidade não tem fãs e sim admiradores.
Hoje não tem fãs exclusivos e sim fãs do sertanejo. A mesma declaração que faz a um artista faz a vários. Claro que não estou mencionando os poucos presidentes de fã clube, que passam bons bocados para manter seus artistas.
Uma moda que curti muito foi a “Não toca em minha vitrola”.

Essa música é um “tapa na cara” com toda a classe do Cowboy.
Esse novo trabalho da dupla João Carreiro e Capataz demoraram dois anos para ficar pronto. Um CD especial como comentei com dois lados "A e B". No "A" tem 22 Faixas bem no estilo Sertanejo Raiz com varias faixas inéditas. Já no lado B com 17 faixas no estilo Sertanejo Romântico.
As composições na faixa A é do próprio João Carreiro, provando que ainda é possível compor boas modas. Um bom abre olho para os compositores da atualidade.
Durante a construção desses post, Marcus do "Blognejo" publicou um post bem interessante sobre a dupla.

Dodge Ram”,

É só o final de o ano começar a dar sinal de vida que começam a surgir músicas que recebem o rótulo de “hit do verão”.
Não diferente de outros anos, a estratégia é sempre a mesma e muitas vezes costumam valer a pena já que a música sertaneja abrange cada vez mais espaço. Essa época do ano exige dos cantores músicas animadas, pra cima.
E nesse ano, já aparecem candidatas para o rótulo “hit do verão”. A música em questão será lançada semana que vem, porém já está disponível na internet. Com uma participação de peso, o hit é do cantor Israel Novaes e conta com participação de Gustavo Lima.
Recebendo o nome de “Vem ni mim, Dodge Ram”, Novaes é o novo contratado do escritório do cantor Gusttavo Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário