Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Lairton dos Teclados 06/01/12

Falando a R-Sertaneja para todos os campestres que sempre estão envolvidos com procedimento de ouvir o que é de mais perfeito “bom”.
A música sertaneja ao contrário do que alguns dizem, sempre esteve em alta e agora ainda mais e não é apenas uma “onda” e sim um estilo real,  e concreto ,totalmente brasileiro.
Por isso a juventude aprende viola e violão fazendo um ferimento nas cordas de satisfazer o ego na alma de um ouvinte. 
Não adianta ter competência e a doação se não traz dentro de si a pobreza.

Lairton dos Teclados
O cantor Lairton dos Teclados no começo de sua carreira apresentou-se em diversos estados do Nordeste, especialmente no Maranhão. Sua carreira tomou impulso quando enviou uma fita para a gravadora Gema, obtendo aprovação e gravando o primeiro CD.
Foi a empresária Marlene Mattos quem ouviu a fita e fez o convite para Lairton apresentar-se no programa "Planeta Xuxa", da TV Globo. Seu grande sucesso foi a composição "Morango do Nordeste", de Walter Silva e Fernando Alves.
Vendeu cerca de um milhão de discos. Em seu segundo CD, o sucesso ficou por conta da composição "Paixão e loucura".


Lairton Paulino da Silva, nascido no dia 14 de Julho de 1972, natural de Alto Alegre do Pindaré/Maranhão.
Aos 8 anos de idade, Lairton aprendeu tocar sozinho violão, guitarra, teclado, entre outros instrumentos; começando assim, seus ensaios.
Vindo de família humilde, tinha que se desdobrar para conciliar a música com o trabalho de vendedor ambulante, função que exercia para ajudar os pais no sustento da casa. Aos 17 anos ele resolveu deixar Alto Alegre do Pindaré/Ma para seguir sua vocação a Música.

Lairton foi morar em Santa Inês na casa de dona Zuzu, com um tempo ele sentiu que estava incomodando por chegar tarde do trabalho, e resolveu morar com uma amiga, (Raimunda) que cantava com ele na Igreja e na renovação carismática católica, mas como ele chegava muito tarde por que tocava nas casas de seresta ele ficava com vergonha de acordar a amiga e as vazes dormia no chão da garagem ou na rua.

Mas com todo esse sofrimento ele não queria voltar para casa, ele tinha prometido pra mãe dele que quando voltasse pra casa voltaria com um disco na bagagem, já que a única bagagem que ele tinha levado era um par de tênis e duas mudas de roupa e o mais importante, a fé e a força de vontade.

No começo, ele passou por bandas musicais, cantou muito na noite e fazia Shows em casa de seresta. Em 1998, Lairton deu o grande salto da carreira, lançou seu I CD que teve como carro chefe a música “Morango do Nordeste”, um disco sem muitas pretensões, que acabou se transformando em poucos meses num fenômeno de vendagem, ao atingir Um Milhão de Cópias. Projetando-se assim o cantor no estilo romântico. Estava nascendo o novo fenômeno da música romântica brasileira.

Lairton caiu no gosto do povo e conquistou nada menos que sua madrinha Marlene Mattos que o lançou na mídia, através do programa “Planeta Xuxa", consagrando de vez a carreira do artista.

As músicas de Lairton chegaram primeiro as rádios do nordeste e assim foi se espalhando por todo Brasil, chegando atingir a marca de três milhões de copias em 2000.

O II CD “ Lairton e Seus Teclados Vol. II” foi lançado em 2000e já na sua divulgação foi denominado pêlos fãs de “MORANGUINHO II” não houve indiferença para com o público, e vendeu mais de Duzentas Mil Cópias. Composto pôr 16 Faixas, Com três músicas inéditas, trazendo algumas composições conhecidas pelo público, e a música “Tentei te Esquecer” como carro chefe do CD.

O trabalho de divulgação não estar limitado apenas aos Shows. Abrange também aos Programas de TV, que a cada aparição de Lairton, chega a atingir 30 pontos de audiência no IBOPE. Embora os holofotes da mídia e agenda lotada, Lairton teve poucas mudanças não deixando o seu jeito simples: continua recebendo e retribuindo o carinho do público.

O III CD mostra que a simplicidade do nordestino de origem pobre não impediu Lairton de conviver com o sucesso. Mantendo o estilo Romântico, o novo trabalho tem como música principal “A Nordestina” vendeu mais de cem mil cópias em apenas uma semana. Religioso, Lairton não deixa de agradecer a Deus e a família pelo sucesso alcançado.

Há quatro anos embalando o Brasil com seu romantismo que arrasta multidões Lairton lança agora seu IV CD entitulado “Lairton IV”. Como não poderia de ser, esse trabalho vem recheado de romantismo do começo ao fim de suas Quatorze Faixas, assumindo a tradição dos anteriores.

O disco começa com a versão acústica de “Morango do Nordeste”, canção pela qual o artista tem um carinho natural e especial, e a música de trabalho é “Anjo Azul”. O CD tem belas canções de intérpretes conhecidos nacionalmente e internacionalmente, como Zé Ramalho, Zezé de Camargo, Paul Anka e Pablo Milanês. A tiragem inicial foi de cem mil cópias e a julgar pela felicidade de seus fãs este foi mais um grande sucesso da Música Popular Brasileira.

Lairton lançou seu V CD em novembro de 2002 é também o seu 1º CD ao vivo ele tem um repertório uma mistura de músicas de todos os CDs anteriores e regravações de cantores consagrados como “Chitãozinho e Chororó” com a música “Alô” sendo carro chefe desse trabalho.

Dentro de vários trabalhos com músicas de sua autoria e das eternas regravações, Lairton lança seu 1° DVD na cidade onde lhe acolheu como filho; Santa Inês-MA foi palco de um mega evento junto com a banda Gatinha Manhosa. Lairton lançou o CD "Lairton e Seus Teclados e Banda" pela gravadora DN MUSIC de Fortaleza CE, um disco com 18 faixas com a música A Procura do Amor, Louca Saudade, Noite e Dia e outras.
Biografia enviada por Elizabeth em 29/12/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário