Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

domingo, 26 de julho de 2015

Paganelli e Rosangela.

Paganelli e Rosangela.
Nossa História
Somos um duo Paganelli e Rosangela.
Somos pai e filha.
Cantamos, pois adoramos a música sertaneja.
No nosso repertório, cantamos músicas raiz e músicas românticas.
Gravamos cinco CD’s e estamos terminando o sexto CD, pela gravadora Tocantins.
Fazemos muitos shows em nossa região.
Temos um público que nos adora.
Agradecemos a Deus e a essas pessoas que fazem parte de nossas vidas.
Aos nossos amigos de rádio e TV que divulgam o nosso trabalho, nosso muito obrigado pelo carinho para com a gente.
(16) 99729 0362 (16) 98118 0858



GABRIEL DIAS
Coragem, determinação, talento e carisma, elementos que se encaixaram na vida de um garoto chamado Gabriel Dias.
Desde muito cedo, ele já demonstrava que levava jeito pra música, autodidata já mostrando as suas primeiras melodias e acordes.
Amante incondicional da música sertaneja Gabriel Dias, aos onze anos começava a transformar seu gosto em verdade, com autorização judicial e uma banda profissional atuava nas melhores casas de shows de São Carlos e região, tornando possível o seu sonho de cantar em público.
Logo tudo ia ficando maior e muito mais profissional, e por meio das primeiras apresentações de Gabriel Dias, convites iam surgindo e em curto prazo. Com uma voz encantadora e dedos projetando notas maravilhosas, inegavelmente nascia ali uma grande revelação do cenário musical.
A essência do sertão em forma de música sempre caminhou junto com a carreira de Gabriel Dias, dominando vários instrumentos como viola violão guitarra; em seu repertório não faltavam canções de duplas consagradas que mais se identificavam com seu estilo próprio de cantar. Artistas como: Zezé di Camargo & Luciano, Bruno & Marrone, Zé Henrique & Gabriel, Guilherme & Santiago e as modas de viola não ficavam de fora do show.
Hoje com 15 Anos, e uma banda do mais autogabarito com repertório dinâmico do universitário aos clássicos sertanejos, sua produção Tem estrutura para grandes shows a pequenas apresentações atendendo a necessidade do contratante.

Horlindo Lopes
“O cantor da Garganta Dourada”D
-Horlindo Lopes Filho, nasceu na cidade de São Carlos em 14 de dezembro de 1964,desde pequeno cresceu ouvindo e cantando as musicas de ''Milionário e Jose Rico''.
-Separou de sua família ainda muito jovem para buscar a realização de seu sonho de ser artista.
-E vem lutando com a vida a muito anos buscando e tentando conseguir o seu espaço neste meio tão concorrido que é a musica sertaneja o qual o artista vive numa sociedade desigual e alvo de criticas e elogios.
-No primeiro semestre deste ano “Horlindo” participou de uma entrevista feita pela EPTV. Onde ele pode contar um pouco da historia de sua vida.
-Participou também de uma entrevista na Radio Universitária no Programa Som da Terra do comunicador Waldir Zambarian.
-Hoje com muita dificuldade conseguiu apoio de alguns amigos gravar um CD demonstrativo onde ele mostra o seu trabalho, Horlindo também é compositor e possui algumas composições inéditas.
-Recentemente ele participou de um festival na cidade de Araraquara e foi classificado e ficou com o 3° lugar da competição e foi muito elogiado pelo publico presente.
-Todos os domingos Horlindo participam de shows no Sindispan _CTS e no clube da viola de São Carlos.
-Ele acredita muito em Deus e na esperança que um dia apareça alguém que possa ajudar a realizar os seus desejos. Eu tenho muita Fé em Deus que eu vou chegar lá... É só ter fé e acreditar Horlindo.
Que Deus o abençoe!
Boa Sorte.

Monte Claros Serejinho”.
-Dois apaixonados pela moda de viola que tem o objetivo de valorizar e divulgar a cultura da música caipira:
Eles trazem em seu repertório a melhores moda de sucesso de grandes nomes do cenário da música sertaneja de raiz.
Um Pouco da História da dupla:
-Adalberto Rosa dos Santos (o Monte Claros) nasceu na cidade de Utinga-SP. Veio para São Carlos nos meados de 196l onde foi morar na fazenda Faroeste e começou a acompanhar o pai que era boiadeiro e tocava berrante e viola e nesta lida ele também aprendeu a cantar e tocar berrante e viola.
-Aos fins de semana eles participavam das cantorias de folia de reis que na época tinha muita tradição nas fazendas.
-Com o passar dos anos vieram morar na cidade de São Carlos onde aprendeu tocar vários instrumentos, mas percebeu que o negocio era continuar a tocar viola.
-Depois de muitos anos ele veio a conhecer o Sr. Azenildo que era da Companhia de Reis “ Estrela Guia” e comecei a participar dos encontros de Folia de Reis.
-Nesse meio de tempo o Sr. Azenildo me apresentou ao Prof. Kaia e com ele me aperfeiçoei na viola.
-E hoje sou integrante da “Orquestra de Viola Amigos Violeiros de São Carlos, onde também toco berrante e do grupo de Dança da Orquestra juntamente com minha esposa, pois foi ela que me incentivou a participar da Orquestra.
-Foi ai que conheci o meu parceiro “Serejinho”.
-Alcides Vaine-( o Serejinho) começou a cantar desde 12 anos, formou dupla com vários parceiros.
-Começou a cantar na cidade de Araras e iniciou a carreira com a dupla que chamava “Serra Azul e Serejinho.
-Participou de um programa de Radio na antiga Radio Progresso durante doze anos.
No ano de 1983 ele ajudou muito no início do clube da viola de São Carlos e foi diretor durante seis anos.
No ano de 1985 ele formou uma das melhores duplas sertaneja de São Carlos e Região a dupla “Del Rei e Madrugada” que era o maior sucesso na época.
-Hoje ele é 1º secretario do CTS. Centro de tradição Sertaneja
Recentemente ele refez a dupla com o Serra Azul e chegaram até a gravar uma música de “Tião Carreiro”, mas não deu certo.

-Faço parte da “Orquestra AMIGOS Violeiros de São Carlos, aonde vim a conhecer o meu novo parceiro o “Monte Claros” e estamos ai na nossa nova lida”.

Fonte: colunasertaneja.blogspot.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário