Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Racyne e Rafael

RACYNE& RAFAEL
UMA DUPLA COM HISTORIA DE SUCESSO
Racyne & Rafael é uma dupla sertaneja formada pelos goianos Racyne Ferreira Bessa Balieiro,natural da cidade de Itumbiara-GO, nascido em 23/05/1972, e João Batista Diasda Silva, natural da cidade de Água Limpa-GO, nascido em 13/08/1972. Quecomeçaram a cantar juntos no ano de 1995, fazendo apresentação em bares, casasnoturnas, feiras agropecuárias e festa de peão.
Racyne, segunda voz, é filho de umdos pioneiros da música raiz sertaneja “Prainha” da dupla “Praião e Prainha”.


Rafael, primeira voz, compositor decanções que fizeram sucesso nas vozes de Leandro e Leonardo, Zezé de Camargo eLuciano, Bruno e Marrone, Guilherme e Santiago e outros.
A dupla lançou seu primeiro álbum em1998, de uma forma independente com a música “TOCA SANFONEIRO”.Devido ao grandesucesso, em 1999 foram contratados pelas gravadoras Abril Music/anhangueraDiscos, onde lançaram o segundo álbum da carreira que despontou a canção “ME DÁSEU CORAÇÃO” vs. (Give Me You Heat toninght) e posteriomente no terceiro cd osgoianos decolaram de vez, conquistando o Brasil com as músicas “COMEÇAR OUTAVEZ”, vs. (Have your ever the rain?) e “Mulher Bandida”. Em 2003 lançaram oquarto cd com a música So Crazy For You(Muito Louco Por Você), com aparticipação de Willian Borjazz, No ano de 2005 o quinto cd com a música Cai naReal, o sexto em 2007 com música de trabalho “QUANDO VOCÊ ME TELEFONA”, queficou entre as 10 mais pedidas pelos ouvintes nas rádios de do estado de Goiás,e em 2008 o sétimo cd ao vivo, juntamente com o primeiro DVD, gravado norodeio Show de Aparecida de Goiânia, uma das melhores e maiores festas de peãoda América Latina se destacou com a canção “Não Tente Me Impedir”. No iniciodesse ano de 2010, lançaram o oitavo cd “MATEMATICAMENTE” que traz norepertório uma canção de autoria da própria dupla “AMOR DE NOVELA”.O novo CD foi produzido por Izel Bico, Willian Borjazz juntamente com Racyne eRafael, que vem contagiando a todos, com um ritmo diferenciado, com cançõesinéditas e participações com três artistas consagrados, Bruno e Marrone, RioNegro e Solimões e Léo Magalhães, esse trabalho está contando com grandeexpansão na carreira desses goianos por vários estado do Brasil.
Atualmente com 15 anos de carreira aDupla RACYNE E RAFAEL trazem na história de sucessos 8(oito) CDs e um (1) DVDgravados, uma trajetória marcada por muito esforço, dedicação, talento e amor amúsica
A cada trabalho a dupla RACYNE ERAFAEL, consolida seu prestígio junto ao público sertanejo, um dos principais emais prestigiado gênero musical do povo brasileiro
A Dupla Racyne & Rafael lançou noinicio do ano o CD “MATEMATICAMENTE”, que traz no repertório a música sucesso,de autoria da dupla “AMOR DE NOVELA”, uma canção romântica que vem conquistandoo coração do povo brasileiro. O Cd conta ainda com a participação especial dasduplas: Bruno e Marrone em “vôo 777” Rio Negro e Solimões em “Ate as pedras seencontram”e do cantor Léo Magalhães em ”No ponto que parou”
Racyne & Rafael começaram juntos a trajetória em1995, cantando em bares, casas noturnas, feiras agropecuárias e festas de peão.Atualmente com 15 anos de carreira a dupla traz no seu histórico oito (8) CDs eum (1) DVD gravados, umatrajetória marcada por muito esforço, dedicação, talento e amor a música
Os dois goianos já tinhamligações com a música sertaneja, Racyne é filho de um dos pioneiros da músicaraiz sertaneja, o “Prainha” da dupla “Prainha e Prião”; e Rafael compôs cançõesde sucesso nas vozes dos cantores Leandro e Leonardo, Zezé de Camargo e Lucianoe Bruno e Marrone.
Entre os principais sucessos da duplaestão “Toca sanfoneiro, Me da seu coração, Mulher bandida e Quando vocême telefona”. Racyne e Rafael uma dupla consolidada por seu estilopróprio de musicalidade e sucesso.


BENTO e MARIANO
O amor à música e a grande amizadedos primos deram origem à Dupla BENTO & MARIANO. Nascidos no Rio deJaneiro, mas, apaixonados pelas canções sertanejas, conquistam o carinho e aadmiração de todos por onde passam.
Com mais de 20 anos de estrada, oscantores Bento e Mariano traçaram distintos caminhos e histórias musicais, queserviram como base para a grande experiência e maturidade profissional que hojepossuem.

BENTO, nascido na cidade do Rio deJaneiro/RJ, descobriu quando criança o dom de tocar e cantar. Com apenas 8 anosde idade já iniciava os primeiros acordes do violão, o que ensejou no convitepara participar como músico mirim na Paróquia do bairro onde morava. Com opassar dos anos, reuniu um grupo de amigos e formou uma bandinha, “Toca Tudo”,que animava bailes em seu bairro. Com 11 anos de idade, sob a influência dospais, principalmente de sua mãe que possuía origens no interior de Minas Gerais– São Francisco apaixonou-se pela música sertaneja e, a partir de então, passoua viver não só a música sertaneja, mas para ela. Sem abandonar os estudos,começou a cantar em bares e restaurantes nas noites de sua cidade. Aos 13 anosde idade, fazendo 2ª voz em uma dupla sertaneja, deu início a sua carreiraprofissional como cantor. Na dupla, gravou em 1990 seu 1º single, sendobastante executado nas rádios cariocas. Quis o destino, contudo, que a dupla sedesfizesse no ano seguinte. Com isto, abriu-se a possibilidade de uma carreirasolo, culminando com a gravação de um CD pela gravadora SpotlightRecords/Warner Music com a música "Sem Pagar Aluguel" de autoria deEd Wilson. O CD tocou em várias rádios brasileiras marcando um ponto alto desua carreira. Como paralelamente não parou de estudar, formou-se em Direito,tornou-se advogado e, pouco tempo depois, culminou com a assunção do cargo deProcurador Geral em um Município do interior do Estado do Rio de Janeiro.Entrementes, convivendo com seu primo Mariano nas reuniões familiares,descobriu nas qualidades dele o parceiro ideal para a materialização de umagrande parceria rumo ao sucesso. Desta forma, a partir de meados de 2008, adupla BENTO & MARIANO se consolidou, buscando a montagem de toda aestrutura necessária à realização desse grande sonho.

MARIANO nasceu em Santo Eduardo, 13ºDistrito da cidade de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Passou suainfância admirando os primos músicos, comprovando que o dom musical presente nafamília também corria em suas veias. Por horas a fio acompanhava a evolução dosacordes tirados dos violões de seus primos, aguardando pacientemente umaoportunidade de acesso aos instrumentos. Quando isto ocorria, por ocasião de umfinal de ensaio, avidamente tentava repetir, solitariamente, os acordesmemorizados. A sua vida interiorana proporcionou, já na infância, contatoestreito com a música sertaneja, criando identidade também com a músicaromântica em geral. Sem muitas oportunidades na cidade natal, necessitando darcontinuidade aos seus estudos, Mariano se mudou para Nova Iguaçu/RJ com 14 anosde idade. Lá conheceu um guitarrista que se transformou em seu grande amigo,lhe ensinando muito do que hoje sabe. Assim, começou a cantar e tocar nasnoites do Rio de Janeiro. Com 22 anos de idade conheceu o evangelho e,freqüentando a Igreja, passou a compor e cantar por vários anos nos cultos,participando de duos, quartetos e bandas Gospel's. Mais tarde, em janeiro de1994, o antigo amigo guitarrista o indicou para ser backing vocal do cantorElymar Santos. Nesta função permaneceu aproximadamente por três anos, não sófazendo os shows, mas também, gravando os CD´s do cantor, adquirindo, assim,vasta experiência musical. A partir daí não mais parou com a carreira decantor. Na seqüência foi convidado para participar da gravação de um DVD com acantora Joanna obtendo grande sucesso com o trabalho, passando assim a fazerparte definitiva da banda da grande intérprete da música popular brasileira,participando de todos os shows e gravando os CD's como backing. Com oreconhecimento, participou de gravação de CD's de vários medalhões da músicapopular, como Danilo Caymmi, Xuxa e muitos outros. Em sua carreira musical, umponto alto foi a gravação do CD e DVD – “Joanna Ao Vivo em Portugal”. Nele,além de atuar como backing vocal, Mariano foi convidado a fazer um dueto com acantora na música: “Meu primeiro amor”. Em 2008, aceitou o convite do primoBento para formação da dupla, demonstrando grande perseverança e capacidade decriação musical no trabalho da dupla BENTO & MARIANO.

Fruto da união, a dupla vem compondoe produzindo excelentes músicas. Com suas vozes impressionantes, os músicos,compositores e produtores Bento e Mariano têm tocado o coração das pessoas comsuas canções contagiantes.
Atualmente, apresentam com muitocarinho e amor o 1º CD da dupla, intitulado: "Agora é pra valer",nome de uma das faixas do CD. Assim, esperam desbravar com garra e entusiasmo ocenário musical brasileiro, levando uma opção de qualidade para os apreciadoresda música sertaneja.

Peão do Valle &Vallentin
Duplanascida em Londrina em 1996.
Possui 7gravações entre: LPS e CDS.
Trabalhacom shows por todo o Brasil, tendo como diferencial a potência de voz aliado aum grave suave, e definido afinado e interpreta e canta do romântico, raiz e dançante, show com banda viola caipira etc...
Peão doValle & Vallentin, viajam o país de sul a norte com seus shows, sempreregados a boa música e muita animação; indo das modas de viola(Rei dogado,Pagode em Brasília,etc) até do sertanejo universitário ao romantismo.
Vale a penaconferir essa dupla que a cada dia cresce no gosto popular, tendo lugar dedestaque nas melhores emissoras de rádio do país.

Peão doValle, nascido na cidade de Batatais SP ,em 1959, porém em 1961 muda-se com afamília para o estado do Paraná.
Trabalhouem lavouras de café nos municípios de Nova Esperança, Uniflor e Tapejara.
Casado há28 anos, pai de 03 filhos, começou a cantar na Rádio Ubá AM da cidade deIvaiporã no ano de 1984.
Com umgrave inconfundível, Peão do Valle caiu no gosto dos ouvintes e a partir daícomeçou a dedicar-se mais a música, sua grande paixão.
No ano de1989 ao lado de Praense, grava seu 1° LP, com grande repercussão no meioartístico; Foram três anos de parceria com Praense e 3 Lps, todos coroados segrande sucessos.
peaodovalle4@hotmail.com

Vallentin éparanaense, natural de Itaguaré.
Ótimoviolonista e também violeiro já trabalhou com nomes como Teodoro & Sampaio,o cantor Barrerito,com vários artistas gaúchos e outros tantos nomes da músicanacional.
Dono de umavoz perfeita, que se soma ao grave de Peão do Valle dando vida a umas das maisafinadas duplas do mercado sertanejo.


Mais do quesimplesmente tocar viola e cantar, interpretar a música caipira é expressartodo o sentimento que se tem pelas coisas da vida: é mostrar sem medo o quetemos dentro do coração.
Foi em 25 de abril de 2004, na cidade de Blumenau/SC, em uma apresentação decerto violeiro, que a dupla Raiz e Sertão nasceu, com a vontade de expor todo osentimento que se tem pela terra, pela natureza, pelas coisas simples do campoe da vida.
Além de deixar vivo com acordes de viola e violão o sentimento daquele que vemdo interior, vendo nesse mundão a essência de tudo o que é verdadeiro, a duplavaloriza e preserva a presença da música raiz sertaneja na cultura brasileira,cantando e tocando músicas de autoria própria e de compositores amigos.
Para saber quem é, o homem precisa saber de onde vem. Precisa dar valor eenriquecer o presente e o futuro com a sua origem, o seu passado, a suahistória. É por isso que a dupla também interpreta músicas de artistasconsagrados como Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Pardinho, Lourenço eLourival, Jacó e Jacózinho, Pena Branca e Xavantinho, Sérgio Reis, Daniel,entre outros.
Saiba agora quem é o Raiz e quem é o Sertão:
Luís César Dolzan, o Raiz, nasceu em Salete/SC, plantou fumo e morou na roçaaté os dez anos. Mudou-se para Blumenau/SC em função dos estudos, formando-seBacharel em Ciências Econômicas pela FURB – Fundação Universitária Regional deBlumenau, em 1998.
Aprendeu a tocar cavaquinho com sete anos, Seu gosto pela viola caipira surgiuaos 25 anos, onde foi se aperfeiçoando neste maravilhoso instrumento, trocandomais tarde o diploma de faculdade pelo braço de uma viola. Motivo: “Sou umcaipira de verdade”.
Jorge Padilha dos Santos, o Sertão, nasceu em Verê/PR. Trabalhou no campo comlavoura até os 20 anos. Mudou-se para Blumenau/SC, com o objetivo de melhorarsua vida, trabalhando na fábrica como tecelão.
Aprendeu a tocar violão com 15 anos e seus primeiros palcos foram dentro dasigrejas, onde organiza os cantos das paróquias locais. Seu gosto pela músicaraíz vem da sua vida simples na roça. É por este motivo que pode serconsiderado um “Caboclo Nato”.
Release / História da Dupla “100% caipira”
- EXCLUSIVIDADE:Moda de Viola / Música 100% caipira;
- Raiz & Sertão: A dupla que vem se tornando, referência caipira no BRASIL;
- Estados já divulgados: SC – SP – GO – MG e PR;
- SHOWS / Festas: Festa Nacional da Cebola – Festa Nacional do Colono – FestaEstadual do Leite – Tangefest – Expotim, .....
- SITE: Confiram: Vídeos – Fotos – Artistas Famosos – 04 Cds de Músicas –Programa de Rádio – MISSA SERTANEJA – Contatos;
- Tempo de Dupla: 06 anos – Abril / 2010.
Novidades:
- MISSASERTANEJA: Uma linda Missa Caipira e após um grande SHOW.
- PROGRAMA DE RADIO: Para todas as rádios do Brasil. Um programa 100% caipira. Quatro programas mensais. Confiram!
- Participações nos CDS: Abel & Caim – Liu & Léu – FamíliaDias e o Padre Carismático: João Bachmann.

RAIZ E SERTÃO
CONTATOS PARA SHOWS:
FONES: (47) 8904-0362 - (47) 3330-0263 - (47) 9127-5957

Site Oficial: www.raizesertao.com.br


Moacyr e Sandra
O DUO
Dupla paulistana formada pelo instrumentista e cantor Moacyr Santos epela cantora Sandra Pereira.
Cantando juntos desde 1995 e casados desde 1998, o duo, hoje conhecidocomo Moacyr e Sandra, desenvolveu um trabalho com base na cultura musical decada um e vem, merecidamente, recebendo o reconhecimento do público e depersonalidades consagradas do meio musical.

Começa aí a nova fase na carreira destes artistas.
Em 1997 participam do Projeto Elis Regina, no Centro Cultural São Paulo,e de um show em homenagem ao violonista João Pernambuco, projeto do músicoLeandro Carvalho, no Instituto Cultural Itaú/SP, que resultou na gravação de umCD e show no Centro Cultural FIESP em 1998. Em 1999, idealizam e apresentam emSESCs e no circuito cultural do projeto 'Artes nas Ruas' (sob a coordenação deCelso de Alencar) da Secretaria Municipal de Cultura - SP, os shows Pra Carmene Mulher Encanto e, a partir de 2001, apresentam Paulicéia Musicada, de BeteBissoli, feito em homenagem à cidade de São Paulo.
Todos esses shows, incluindo o Nóis e a Viola idealizada no ano de 2006continua a ser levados ao público até hoje.

Premiados em festivais como: do Choro, de Diadema, Que luz, Rio Claro eViola de Todos os Cantos, são regularmente chamados para participar deprogramas de TV. Viola Minha Viola, Encontro com Célia e Celma, ProgramaAdilson Godoy, Terra da Padroeira, Caminhos da Roça, Espaço Vida, Viver eConviver, Canta Meu Brasil e Canta Viola são alguns dos programas nos quais jámarcaram presença.

Na retrospectiva da carreira de Moacyr, que começou em 1971, está oaprendizado da viola caipira, iniciado com Lorito, da tradicional duplasertaneja Lorito e Loreto. A partir daí Moacyr se apresenta em vários programasde rádio e televisão.
Em 1975 foi premiado no Festival de Música Caipira de Guarulhos.
Por vinte anos cantou e tocou guitarra em bandas de baile de São Paulo.

Sandra começou em 1985, em programas de calouros, de TV.
No mesmo ano cantou em um show brasileiro no Cassino Estoril, emPortugal. Em 1987 conhece Johnny Alf, com quem se apresentou em casas deespetáculos, entre elas o Scala, no Rio de Janeiro. Em 1988, produz o showFeminino, dirigido pelo músico e compositor Filó Machado, e levado em espaçosculturais paulistanos. Depois desta, outras produções vieram: Rainha do Egito,Eles São do Bexiga, Samba, Choro e Canções e Cinema Cantante. Após brevepassagem pelo grupo vocal Tom da Terra, em 1992 vai para Itália, onde abre umshow de Djavan no 9º Festival Internacional Jazz in Sardegna, volta a seapresentar nesse país em 1994. Já participou de festivais de MPB como o da RedeManchete, com música de Johnny Alf, do Carrefour, por duas vezes, com músicasde Bete Bissoli e Itamar Assumpção, do Choro, e no Festival de MPB de Avaré, noqual é premiada como melhor intérprete do festival, defendendo Ela, composiçãode Bete Bissoli e Ítalo Peron, vencedora de 1995.

No momento o duo trabalha seu primeiro CD, 'Moacyr e Sandra Com JeitinhoCaipira', que de imediato recebeu apoio de Mary e Marilene, As Galvão.
Desde a primeira audição, elas passaram a divulgar o trabalhodesenvolvido pelo duo. A partir daí, eles participam freqüentemente deprogramas de TV, rádio e de shows com as madrinhas, enquanto trabalham noprojeto do primeiro DVD e do segundo CD.

Moacyr e Sandra, comprometidos com a boa música do Brasil.
Mococa & Paraíso
Uniram suas vozes no ano de 1986, tendo lançado até o momento, mais de 20produções, entre CDs e DVD pelas Gravadoras 3M do Brasil, MM Gravações,Alagretto, RGE, Movieplay, Fortuna e o mais recente pela Gravadora Arlequim.
Muito embora tenham vindo cada qualde parcerias anteriores, firmaram-se no estilo sertanejo-raiz, sem deixar delado obras musicais de características bastante românticas, destacando-se entrealguns sucessos da dupla.: 'Orelhão Azul' (Morgado e Carlos Cezar), 'Licor deAmor' (Iara Fortuna e Paraíso), 'Saco de Ouro' (Caetano Erba e Paraíso), 'O Ipêe o Prisioneiro (José Fortuna e Paraíso), 'Os Homens não Devem Chorar'(regravação de 'Nova Flor' de Palmeira e Mário Zan), 'O Sinuelo' (José Fortuna,Paraíso e Nhô Moraes), 'O Pulo do Gato' (Paiva e Gama), 'Mãe das Mães' (JoséVictor, Sebastião de Assis e Sandro Lúcio), 'Por Ela (versão de Biafra eAloísio Reis), etc...
Eles esclarecem que, apesar do romantismoconstante em seus repertórios, a característica sertaneja da dupla está semprefirmemente presente em todos os seus trabalhos, visto ser esta uma preocupaçãoconstante de ambos.: não perder jamais a identidade com suas raízes. Um exemplodisto é a gravação das modas de viola 'O Caçador' (Sulino e Moacyr dos Santos),'A Filha do Barbeiro' (Jesus Belmiro e Mococa), bem como do pagode 'Rimas deRodeio' (Jesus Belmiro e Paraíso).
Há pouco tempo foi lançado um trabalho deMococa e Paraíso, muito bem elaborado pela Gravadora Movieplay, contendoregravações destes grandes clássicos sertanejos.: 'Saudades da Minha Terra','Terra Tombada', 'O Carro e a Faculdade', 'Filho Adotivo', 'Doce de Cidra','Rio de Lágrimas', 'Colcha de Retalhos', 'Porta do Mundo', 'O Céu Chorou porMim', 'Parede e Meia', 'Ainda Ontem Chorei de Saudade' e muitos outros.
E nesta mesma linha de regravações, saiurecentemente pela Gravadora Arlequim mais um trabalho com os maiores sucessossertanejos de todos os tempos, incluindo-se 'Mágoa de Boiadeiro', 'Casa deCaboclo', 'Índia', 'Mala Amarela', 'A Loira do Carro Branco', entre outros.
O grande momento de Mococa eParaíso, porém, ocorreu com o lançamento do 1º DVD da dupla, também pelaGravadora Arlequim, com participações especiais de Bruno e Marrone, SérgioReis, Cezar e Paulinho, Chico Rey e Paraná, Beth Guzzo, entre outros grandesnomes da música sertaneja.
Após este DVD, lançaram também pelaGravadora Arlequim, mais um trabalho com um toque um pouco diferente, agravação de Caipira Brucutu (Santa Fé e Paraíso), um rock sertanejoextremamente dançante.
Ainda neste ano de 2011, preparam um novoCD com músicas inéditas, entre estas uma homenagem ao grande médium brasileiroChico Xavier, de autoria de José Fortuna e Paraíso, entre outras obras noestilo raiz e também romântico. Lançam ainda um CD de poemas de José Fortuna,interpretado por grandes atores nacionais, mesclado com regravações de obrasfamosas do compositor.


O show que a dupla realiza por todoo Brasil com sua Banda não se restringe apenas ao repertório de música raiz,mas é bastante diversificado, incluindo músicas românticas e dançantes.
Mococa (João Leôncio) nasceu no dia 29 de março de 1939 na cidade deMococa, estado de São Paulo; tendo sido registrado em Arceburgo, municípiocontíguo, mas pertencente ao estado de Minas Gerais, talvez pelo fato do paidesejar ardentemente que o filho fosse mineiro. Cantava desde pequeno até aidade dos 20 anos, na Rádio Clube de Mococa com seu parceiro Garotinho,formando a dupla Canhoto e Garotinho.
Após esta idade, foi trabalhar na Empresa Camargo Corrêa, e por meio delaacabou sendo transferido para São Paulo, a pedido do velho amigo e diretorDeoclécio.
Já no ano de 1961, fez dupla com Mouraí, tendo com ele gravado doiscompactos duplos na época, cujas obras mais destacadas foram.: 'Sagrado Coxim',em homenagem ao autor Zacarias Mourão e 'Chore Comigo'.
Em 1968 fez dupla com Moraci, gravando ao todo 33 LPs (vinil), numaparceria artística que duraram 17 anos, até a morte do parceiro em São José doRio Preto/SP, num acidente automobilístico no dia 20/08/1985. Foram destaquesde Mococa e Moraci.: 'O Grande Milagre' (Miltinho Rodrigues), 'O Céu Chorou porMim' (Haroldo José e A. Calçada), 'A Noiva do Meu Bairro' (Miltinho Rodrigues).De 1970 à 1975, participou com Moraci no Programa Edgard de Souza da RádioNacional, grande audiência na época, levado ao ar às 3ª feiras, no horário das21:30 h. De 1976 até 1981 a dupla participou da Linha Sertaneja Classe A,programa de estrondoso sucesso comandado por Sebastião Victor e Zé Béttio pelaRádio Record de São Paulo.
Após o falecimento do parceiro Moraci, Mococa fez dupla com Paraíso noano de 1986, com quem atua até hoje.
Mococa é pai de dois belos filhos, Silvia e João Paulo que, ao queparece, promete continuar as pegadas artísticas do pai.
Paraíso (José Plínio Trasferetti) nasceu na cidade de Elias Fausto,estado de São Paulo, em 01/06/1947. Desde a infância, apoiado por seu paiAntonio, cantava nas festas de sua cidade, bem como na Rádio Cacique deCapivari, no Programa do Zé Coruja com o nome de Caboclo e Caboclinho.
No ano de 1962, mudou-se com a família para São Paulo, e continuou sualuta à procura de um parceiro com quem pudesse formar uma dupla sertaneja,sempre incentivado e estimulado pelo pai. Tal fato se deu somente no ano de1967, quando formou a dupla Cristiano e Cristalino, chegando a vencer em 1ºlugar o Festival de Música Sertaneja na TV Cultura de São Paulo, idealizadopelo Marechal Geraldo Meirelles, em seu Programa Cidade Sertaneja. O Prêmio foia Gravação de um LP na Gravadora Chantecher, além do Contrato de 01 ano deapresentações na Rádio Nove de Julho e na Rádio Aparecida.
Paralelamente vinha desenvolvendo sua carreira como compositor, gravandocom intérpretes de renome na época, como Abel e Caim e Lourenço e Lourival.
No ano de 1974 lançou uma nova dupla com o nome de Scoth e Smith, apadrinhadospor Sebastião Victor e Benedito Seviero, tendo gravado pela Gravadora Chantecherdois LPs, e participado do Programa Linha Sertaneja Classe A, pela Rádio Recordde São Paulo, um dos programas líderes de audiência entre o público sertanejo.Esta dupla chegou a mudar de nome depois para Tomaz e Timóteo.
Mas a grande guinada em sua carreira veio no ano de 1978, quando a duplaTião Carreiro e Pardinho se separou. Tião Carreiro, conhecido como 'o maiorvioleiro do Brasil', convidou então o 'José Plínio' para com ele formar umadupla, e o batizou com o nome de Paraíso.
Juntos gravaram 04 LPs pela Gravadora Continental, até o ano de 1981,quando a dupla Tião Carreiro e Pardinho voltou a gravar juntos, e Paraísoseguiu sua carreira de compositor e produtor de discos.
Como Produtor Musical destacam-se inúmeros artístas, dentre estes, Cezare Paulinho, que além de terem sido produzidos por Paraíso, estouraram com seuprimeiro grande sucesso como autor, a música 'Noite Maravilhosa'.
Nesta época, iniciou uma parceria fecunda com José Fortuna, destacando-seentre suas primeiras parcerias a obra 'O Ipê e o Prisioneiro'. Esta uniãomusical se mantém até hoje, passando a seus cuidados a administração de todo orepertório de José Fortuna. São também seus parceiros de composições: Moacyrdos Santos, Jesus Belmiro, Benedito Seviero, Lourival dos Santos, José CaetanoErba, Wally Macedo, Tião Carreiro, Tinoco, Mococa, etc... em obras famosas taiscomo: 'Saco de Ouro', 'A Loira do Carro Branco', 'Fazenda São Francisco', 'MalaAmarela', 'Franguinho na Panela', e tantas outras.
Algo a destacar em sua carreira como Produtor de Discos foi a descobertada dupla João Paulo e Daniel, levados por Paraíso à Gravadora Chantecler, etendo gravado seus dois primeiros LPs por seu intermédio e produção naquelaGravadora.
No ano de 1986 formou com Mococa a dupla Mococa & Paraíso, atuandojuntos até os dias de hoje. Após terem gravado diversos CDs, a dupla lançourecentemente pela gravadora Arlequim seu 1º DVD: "Mococa & Paraíso eConvidados", com as participações de Sérgio Reis, Bruno & Marrone,Cezar & Paulinho, Chico Rey & Paraná, Beth Guzzo, entre outrosconvidados. Acrescenta-se que neste DVD há um registro histórico dos anos 80com um número musical de Tião Carreiro e Paraíso, gravado na TV Cultura de SãoPaulo, no Programa Viola Minha Viola.
A dupla prepara no momento mais um trabalho com músicas inéditas, e umoutro com poemas de José Fortuna interpretados por grandes nomes do teatronacional, intercalados com números musicais de autoria de José Fortuna.
Paraíso foi reconhecido em sua terra natal Elias Fausto, tendo sidoagraciado com o Título de Cidadão daquele município no ano de 1997.
Atualmente, Paraíso além da dupla com Mococa, milita na área dos DireitosAutorais, tendo sua própria Editora e Gravadora que é a Fortuna Musical EdiçõesLtda., administrando e produzindo o repertório de diversos autores eintérpretes do universo sertanejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário