Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

domingo, 19 de maio de 2013

Luiz Faria e Silva Neto 19/05/13

Luiz Faria e Silva Neto
Luiz Faria da Silva, nascido em Flórida Paulista, no interior do estado de São Paulo, no dia 05 de março de 1948, e Evaristo Cândido da Silva Neto, nascido em Pompéia, também no estado de São Paulo, no dia 05 de setembro de 1933.
Luiz Faria trabalhou durante 22 anos como supervisor técnico de frotas na D - Paschoal, empresa para a qual continua prestando serviços como autônomo. Evaristo é armador na construção civil e, dentre diversas atividades, trabalhou na construção da pista ascendente da Rodovia dos Imigrantes (que liga o Litoral Paulista à Grande São Paulo), na década de 1970.


Paralelamente às suas atividades profissionais, os dois irmãos se dedicaram à música caipira raiz e, além da interpretação em dupla, Luiz Faria também se mostrou um excelente compositor.
Os irmãos Luiz Faria e Evaristo gravaram em disco um total de apenas 17 músicas, que compõem o repertório de algumas faixas constantes em dois LPs de Festivais dos quais participaram, além da participação numa faixa do CD do Grupo Catira Brasil, e as 13 faixas do CD "Rio Formoso", lançado no início de 2004.
De início, Evaristo formou com seu irmão Hercílio Cândido da Silva, já falecido, a dupla Sílvio e Silvinho.
Além do irmão Hercílio, Evaristo cantou junto com diversos parceiros, até formar, em 1968, a dupla com seu irmão Luiz Faria, dupla essa que já completou 40 anos de existência, apesar de ser desconhecida.
No início da década de 70, Luiz Faria e Evaristo formava a dupla "Amarildo e Amaral", a qual mais tarde passou a ser chamada de "Amaril e Amaral", atendendo a um pedido de desculpas do Amarildo que na época integrava a dupla "Amarildo e Agnaldo" e que havia usado indevidamente o nome do Amarildo, quando a dupla "Amarildo e Amaral" (Luiz Faria e Evaristo) já havia participado em duas faixas do LP do "I Festival de Música Sertaneja do Interior".
Os irmãos Luiz e Evaristo foram finalistas do "I Festival de Música Sertaneja do Interior", promovido pelo Radialista Fauzi Kanzo que apresentava o programa "Rancho Alegre" na Rádio Cultura de Campinas/SP.
No LP que foi gravado na Continental, a dupla "Amarildo e Amaral" gravaram a 3ª faixa, intitulada "Felicidade" (Luiz Faria da Silva), e Amarildo (Luiz Faria), solando a viola caipira, gravou a 13ª faixa, intitulada "É Fogo" (Amarildo), contando com o acompanhamento de Zé do Rancho no violão.
Alguns anos depois, a dupla participou do Festival "Beira da Tuia", promovido pela dupla Tonico e Tinoco, que também deu direito à participação numa faixa do LP.
Em 2004 lançam o CD "Rio Formoso", com destaque para o valseado "Lamento", o cururu "Rio Formoso", a toada "Caboclo Pé Vermeio" e da moda de viola "Erro Judiciário", entre outras.
Merece destaque também o recortado "Sarna de Carrapato", que é uma brilhante participação da dupla Luiz Faria e Silva Neto no CD "Catira Brasil e Amigos - Catira e Viola" do Grupo Catira Brasil.
CONTATOS PARA SHOWS:
FONES: (19) 3809-2743 (Silva Neto)
(19) 9210-4679 (Luiz Faria)
Fonte recantocaipira.com.br

Marlon & Maicon 
Marlon & Maicon é uma dupla de música sertaneja brasileira formada pelos irmãos Marlon Fabrício de Oliveira (Criciúma, 7 de dezembro de 1977) e Maicon Fábio de Oliveira (Criciúma, 5 de junho de 1979).
O sonho começou a virar realidade em 1985, quando a dupla gravou uma participação especial no disco da dupla Luiz e Isaac, pai e tio dos meninos, na música Obrigado a Mentir.
Em 1985, depois de participarem de vários festivais e shows, decidiram que era a hora de ir atrás do sonho. Foram para o Rio de Janeiro onde gravaram um CD demo que teve como título A Cara do País.
Eles também foram para São Paulo, na intenção de mostrar seu trabalho para alguém do mercado musical que pudesse de alguma forma, ajudá-los.
Em janeiro de 2000 Tom Gomes, que acreditou no potencial da dupla e vestiu a camisa por esse sonho, levou um projeto piloto para os diretores da gravadora Indie Records que contrataram imediatamente a dupla. Porém, uma semana antes de entrarem no estúdio, em 8 de junho de 2000, um acidente automobilístico grave em Gramado,no Rio Grande do Sul, quase tira a vida de Maicon e adia temporariamente o sonho.
As gravações ocorreram durante o processo de recuperação de Maicon. Em uma entrevista, Maicon chegou a declarar que pedia para a luz do estúdio ser apagada, para que sua expressão de dor não fosse vista.
Um dia, no estúdio, as luzes foram apagadas para que a gravação ocorresse.
Logo depois,quando foram acesas novamente,Maicon havia desaparecido.
Foi encontrado caído no chão da sala de gravação, sentindo muitas dores resultantes do acidente.
A primeira música de trabalho,que deveria ter sido lançada em novembro de 2000,só foi ser lançada em abril de 2001.
Em 2001 a dupla lança seu 1° CD com a música Por Te Amar Assim, que foi sucesso imediato em todo o país, sendo a segunda música mais tocada no ano, rendendo a dupla um disco de ouro, um disco de platina e a indicação ao Grammy Latino de melhor álbum sertanejo, além da popularidade em todos os cantos do país. Realizaram centenas de shows. A segunda música de trabalho foi Tá na Cara. Também gravaram uma versão de Gianluca Grignani: A Minha História; Donato e Estefano: Tudo Me Lembra Você; um sucesso de Pepeu Gomes e Baby Consuelo: Mil e Uma Noites de Amor e pelo menos duas músicas de Cristian Castro: Por te Amar Assim (Por Amarte Así) e Eu Preciso Dizer que Não (Si Me Ves Llorar Por Ti).
Em 2002 gravaram seu 2° CD: Tudo Azul. Te Peço Fica Comigo foi a música de trabalho que alcançou maior sucesso desse disco e aumentou ainda mais a popularidade da dupla. A segunda música de divulgação foi Rezo . Gravaram versões de diversas sucessos internacionais como "Romance Rosa" de Juan Luis Guerra; "Não Te Amar é Impossível",do cantor Eros Ramazzotti e "Como Curar a Ferida", uma música da cantora e evangelista norte-americana Jaci Velasquez. Destaque para as faixas Podia Ser Você e Olhos Verdes Azuis. A terceira faixa a ser trabalhada foi Você Nasceu Pra Mim composta por Maicon e lançada em 30 de outubro de 2002. Em dezembro, a adversidade bateu à porta dos garotos. O mestre e amigo, o amado pai, adoece e vêm a falecer no dia do próprio aniversário, 13 de dezembro, quando completaria 49 anos.
Em homenagem ao pai, a dupla grava seu 3º disco: Sempre Amei Você, que é cantada pela dupla em parceria com o próprio pai, que gravou essa música dois dias antes de adoecer na sua cidade natal (Criciúma-SC). Esse disco foi lançado em 2003 e teve como música de trabalho Você vai se Arrepender. Produzido por Lucas Robles, contou com belos arranjos musicais em músicas como Na Minha Frente e Chuva no Deserto. Regravaram um sucesso do cantor Wando, Chora Coração. E também gravaram versões de "Rock And Roll Lullaby" de B. J. Thomas, que foi lançada pela dupla na Rádio Nativa FM de São Paulo; "Quando a Noite Cai" (Every Breath You Take) da banda The Police e "Dizer Adeus" (Decir Adiós) de Carlos Ponce.
Em 2004 lançaram mais um disco, com grandes sucessos, e com a participação especial de Robin Gibb do Bee Gees na canção Tantas Palavras. Esse disco rendeu dois sucessos emplacados em novelas da Rede Globo: Sem Palavras - Cabocla em 2004 e Coração Aventureiro - América em 2005.
 Ainda fizeram uma participação especial na novela América como ele mesmos e cantando "Coração Aventureiro". Regravaram as músicas: Qualquer Jeito (Não Está Sendo Fácil) do "Rei" Roberto Carlos e Felicidade do cantor Fabio Junior ., Destaque para as canções: Deu Saudade, a preferida de Maicon, e Vou te Esperar.
Depois de dois anos, Marlon e Maicon lançam um novo cd: Ao Vivo e Acústico . Um trabalho que traz seus maiores sucessos, gravados com novos arranjos e muito mais maduro.
Esse álbum traz algumas canções inéditas e a regravação da canção Frisson de Tunai e gravaram uma versão para a música Te Dedico Essa Canção (Una Canción Para Ti) do cantor Cristian Castro que ganhou espaço em vários programas de TV.
A segunda música de trabalho foi Agora que Eu Mudei.Destaque para a faixa Eu Sempre Vou Voltar.
Em 2008, lançaram novo álbum chamado Uma Lenda. Com 14 faixas e com nova roupagem, ele foi produzido por Marlon e Gabriel Jacob e com a Direção Artística de Maicon. Antes do lançamento nesse cd, a música Ser Feliz já fazia sucesso no programa O Melhor do Brasil, na Rede Record.
O álbum traz regravações como Amor Eterno e Trato é Trato. Destaque para as faixas Ainda Dá Tempo e Seu Mmotivo. O sexto trabalho traz 11 composições assinadas pela dupla, identidade própria, E o desejo de mostrar que aprenderam muito e estão dispostos à alcançar novos horizontes com o talento e a musicalidade que Marlon e Maicon têm. O single Azar o Seu, foi lançado em Outubro de 2009. E já em 2010 veio Pra Sempre versão de "Forever",da banda Kiss.
No mesmo ano veio Não Quero Perder Nada,versão da música I Don't Want To Miss a Thing,do grupo Aerosmith.
Foram os que mais gravaram versões de canções do mexicano Cristian Castro: quatro,no total. Foram elas, Por Te Amar Assim (versão de Por Amarte Así), Eu Ppeciso Dizer Que Não (Si Me Ves Llorar Por Ti), Te Dedico Essa Canção (Una Canción Para Ti) e Amor Eterno. Também gravaram versões de cantores latinos como Juan Luis Guerra (Romance Rosa, versão de Bachata Rosa) e Carlos Ponce (Rezo e Dizer Adeus, versão de Decir Adios).
Para 2011, será lançado um DVD comemorativo pelos 10 anos do sucesso de POR TE AMAR ASSIM.


Nenhum comentário:

Postar um comentário