Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Wilson Costa e Ademir.

Wilson Costa e Ademir.
Dupla sertaneja Formada em setembro do ano 1998, tendo como vocal principal Wilson Costa natural de Capelinha MG e Ademir natural de Maria Helena - PR se conheceram em casas de shows na cidade de Osasco/SP, onde se formou a dupla Wilson Costa & Ademir.
A dupla já se apresentou em vários canais de TV e tem suas músicas tocadas nas principais rádios do Brasil, principalmente após o lançamento do último CD.
Em todo o estado de Minas Gerais a DUPLA WILSON COSTA & ADEMIR vem se destacando no cenário musical com sua qualidade musical que vem agradando muita gente.


É um show super descontraído, com interação direta com o público. O repertório tem como base principal o sertanejo universitário e o sertanejo bailão. O estilo é bem original.
Atualmente a banda possui estrutura excepcional de palco, iluminação profissional (movings heads, efeito fumaça, cortina de leds, strombs, etc) e cenário. Na estrada são 21 pessoas, sendo 08 músicos (baixo, guitarra, teclados, violões, bateria, percussão e acordeon), 02 vozes principais, 02 backings, 03 roudie, 01 tecnico de som, 01 tecnico de iluminação, 01 tecnico de palco, 01 produtor e 02 motoristas.
Leve essa super show para seu evento.
Site: wilsoncostaeademiroficial.com. br

WILLIAM & WANDERSON encanta a cidade de Formosa e região com seus shows e apresentações, desde então, têm desenvolvido um trabalho com muita garra e dedicação, para levarem ao povo brasileiro um novo conceito da música sertaneja, transmitindo emoções através das letras e melodias de suas canções.
Em 2009, William & Wanderson gravaram seu primeiro CD, promocional e de caráter não comercial, com as músicas: "Difícil, Não é chuva de verão, Pagina de amigos, Dona do meu destino entre outras canções", com musicas inéditas: “Eu quero só ficar” é “Meu grande amor” musicas compostos por William & Wanderson.
Inspirados por artistas como João Neto & Frederico, Bruno & Marrone, Edson & Hudson, Zezé di Camargo e Luciano e a paixão pela música, fez com que esta dupla se dedicasse inteiramente e cada vez mais a música, lançando-se na noite Formosa para apresentações e shows.
William & Wanderson foi a primeira dupla a cantar no programa PORTA DE BUTECO, da radio 91 Fm, em Formosa e, apresentam-se nas principais casas de Shows desta cidade e apresentações na agropecuária de Brasília-DF
E-mail: williamjf3@hotmail.com
Telefone: (061) 36313845

Vitor Hugo e Luan.
Valdemir de Freitas Machado também chamado de “Vitor Hugo”, nasceu no dia 14 de março de 1979 na cidade de Jaraguá-GO e, Marcio Lucas de Souza também conhecido como “Luan” nasceu no dia 07 de abril de 1984 na cidade de Goiânia-GO.
Tudo começou em 2006, onde Vitor Hugo saiu de Jaraguá com destino a Goiânia em busca de uma segunda voz para formar assim a dupla sertaneja. E, neste processo conheceu Luan que foram apresentados pela dupla Roney & Rayan.
Com isso se formava a dupla VITOR HUGO & LUAN e começavam a vida artística por Goiânia passando pelos bares, onde a dupla considera uma verdadeira escola. E, Todos esses passos até os dias atuais se devem ao incentivo de seus familiares e amigos que sempre estiveram presentes.
Uma dupla bastante eclética, partindo do sertanejo raiz ao romântico, tendo os mais variados ídolos dentro da música sertaneja como é o caso de Bruno & Marrone, Matogrosso & Matias, Gino & Geno, Chistian & Ralf, Tião Carreiro & Pardinho e Belmonte & Amaraí.
Vitor Hugo dono de uma primeira voz privilegiada, já nasceu com este dom inigualável, onde além de cantor é compositor e instrumentista. Já Luan com sua segunda voz melodiosa deu a harmonia que precisava para ser formada assim uma parceria de sucesso chamada VITOR HUGO & LUAN concretizando a nova revelação da música sertaneja de Goiás.
Com toda certeza será uma das maiores duplas que o Brasil já viu, com sua música “Pense e Pare” que já está tocando em todas as rádios do país, onde já é sucesso. E completando com várias outras músicas que está sendo produzido o primeiro CD da dupla, tendo várias canções de compositores já renomados como Rafael Dias (Racine & Rafael), Zé Maria, Sergio Porto e Vitor Hugo mostrando seu talento também como compositor.
DADOS PARA CONTATO
Telefone: 62 38778345
Site: www.garagemmp3.com.br/

Vitor Hugo e Daniel.
Nascido na cidade de Anápolis GO,Victor Valente Borges( Vitor Hugo) e nascido na cidade de Brasília Tyrone Sousa De Paz ( Daniel )começaram sua trajetória na música no ano de2006.sendo que Vitor Hugo já vinha com a dupla desde 2002 com outro parceiro e por motivos pessoais dele a dupla não pode continuar.
Em 1997 Vitor Hugo Conheceu uma família a qual foi a base praticamente da união da dupla onde se casou com a irmã do Daniel, e ali na família sempre num churrasco ou outro Vitor Hugo começou a reparar que Tyrone ( Daniel ) gostava muito de música,por influência do pai que só escutava música sertaneja o Garoto de 17 anos sabia muitas músicas inclusive de modas bem antigas,Foi aí então que surgiu a idéia de formar essa nova parceria.
Com muitos ensaios a dupla foi se aperfeiçoando mais e mais, onde no mesmo ano foi gravado o 1° CD da dupla onde teve uma aceitação muito boa na cidade de Anápolis e Região com a música Vou Mudar e Ficar Por Ficar onde no mesmo ano a música Vou Mudar se tornou a mais executada nas rádios cidade de Anápolis e Ficar por Ficar gravada pela dupla Bruno e Marrone onde se tomou um sucesso nacional.
Com um ano de dupla Vitor Hugo e Daniel já era a principal dupla da cidade de Anápolis c/ seu estilo universitário, tocando nas principais casas de shows da cidade e região.
No Ano Seguinte entrou em nossas vidas uma pessoa que mudou algumas coisas,nossa empresária Elanide Paz,que apesar de não ser do ramo apostou todas suas fichas na dupla.
Em Janeiro de 2008 foi gravado o 1° DVD da dupla ( Vou Mudar Ao Vivo ),com participações ilustres de João Neto e Frederico , Marcos e Fernando , Ronny e Max e Kennedy e Gustavo, ao qual contamos com profissionais da Música como Studio UP Music e Samba tango Filmes ao qual trabalham na gravação de DVDS de artístas Consagrados com Guilherme e Santiago,
João Neto e Frederico, Nechivile, Marcos e Fernando etc.
Agradecemos a você Contratante pela honra dee nos conhecer melhor, tenha certeza que realizaremos um trabalho com muito profissionalismo e dedicação para que não possamos trabalhar só uma vez, mais muitas e muitas.

Violeiros Matutos
Violeiros Matutos é um grupo de cantores e violeiros, formado em 2002, com a proposta de divulgar a música de viola, instrumento este que veio de Portugal na época da colonização portuguesa, trazida pelos jesuítas e usada na catequização dos índios.
Violeiros Matutos possui quatro CDs gravados. Os dois primeiros, (usados apenas para divulgação) trazem arranjos próprios para os grandes clássicos da música de raiz, como: Velha Porteira (Helio Alves e Ziltinho), Tardes Morenas de Mato Grosso (Valderi e Goiá), Meu Primeiro Amor (José Fortuna), Vaca Estrela e Boi Fubá (Patativa do Assaré), Cai Sereno (Eupidio dos Santos) entre outras.
O terceiro “Violando Fronteiras” vem com a proposta de juntar quatro grupos de quatro Estados Brasileiro em um CD. Minas Gerais (Grupo Viola Urbana), Paraná (Grupo Viola Quebrada), Espírito Santo (Grupo Moxuara), São Paulo (Grupo Violeiros Matutos) e uma participação especial da Banda Pau e Cordas de Recife, PE.
O último álbum intitulado “Terra Brasil”, de 2009, traz composições inéditas, em sua maioria de integrantes do grupo, tais como: BRINCADEIRAS NO SERTÃO (Sérgio Penna) PAGODE DO TIÃO (Fabíola Mirella), TERRA BRASIL (Sérgio Penna) que dá título ao CD, TEMPOS ATRÁS (Sérgio Penna). Destaque ainda para obras inéditas de compositores amigos como: AS 4 ESTAÇÕES (Pinho – Editor da Revista Viola Caipira), CABOU A LUZ (Fábio Sombra - escritor e pesquisador de cultura popular) e NÃO VI MAIS MEU CARRO DE BOI (Mumbuka- violeiro e compositor).
O Grupo é formado por cinco músicos e violeiros profissionais que se conheceram na ULM (Universidade Livre de Música), hoje EMESP - Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim: Sérgio Penna (viola solo e voz), Cláudio Rugene (viola e voz), Fabíola Mirella (viola e voz), Vinícius Almeida (contrabaixo) e Elcio Paulo (percussão). Essa formação ganhou destaque pelos arranjos bem elaborados das três violas, contrabaixo e percussão com levadas diferentes e dos arranjos vocais dos três cantores, com linguagem e estilo inconfundíveis, que executam com simplicidade e maestria.
Recebeu em 2010 o “Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira” oferecido pelo IBVC (Instituto Brasileiro de Viola Caipira) na categoria Grupo de Viola.
Em 2012, na etapa eliminatória do festival “Viola de Todos os Cantos” da EPTV (filiada à Rede Globo), ocorrida em Araraquara, SP, a música “Minha Siba” de autoria de Sérgio Penna, defendida pelo grupo, classificou-se em primeiro lugar, garantindo a participação na etapa final do evento, em Poços de Caldas, MG, quando conquistou o 3º lugar, na categoria “música raiz”.
No “Troféu Voto Popular”, na categoria raiz, a canção “Minha Sina” foi a mais votada.
Sérgio Penna: Mineiro de Santa Rita do Jacutinga, violeiro, cantor, compositor, produtor musical e arranjador. É professor de viola caipira e criador do grupo Violeiros Matutos, onde atua como violeiro solo e vocalista. Passou a infância típica de menino do interior mineiro, no cotidiano do sítio onde nasceu e cresceu ouvindo causos e música no radinho de pilha, daqueles que eram seus ídolos e pioneiros da tradição caipira como Tião Carreiro e Pardinho, Liu e Léo, Tonico e Tinoco, entre outros. Em 1993, como tantos que saem de suas cidades para tentar a sorte na cidade grande, Sérgio mudou-se para São Paulo já como músico viajando pelo interior do estado. Cursou viola caipira de 2000 a 2005 na escola CEM - Centro de Estudos Musicais        Tom Jobim. De 2000 a 2003 fez parte da Orquestra Paulistana de Viola Caipira atuando como violeiro solista. Desenvolveu seu    estilo próprio de tocar e decidiu convidar alguns músicos para fundar o grupo Violeiros Matutos, um grupo típico de resgate e preservação da cultura caipira, com músicas que relatam o dia-a-dia do homem do campo, com estilo próprio e cativante.
Trajetória de Sérgio Penna: Em 1993 saiu de Santa Rita do Jacutinga/MG e veio para Mogi das Cruzes.
De 1995 a 2001 foi contrabaixista de banda. Em 2000 entrou na escola de música CEM (Centro de Estudos Musicais Tom Jobim) vindo a concluir o curso de viola caipira em 2005.
De 2000 a 2003 fez parte da Orquestra Paulistana de Viola Caipira. Em 2002 fundou o grupo Violeiros Matutos com o qual gravou  quatro CDs. O ultimo gravado em 2009 somente com músicas de sua autoria. Em 2005 participou do festival Syngenta de Viola Instrumental. No ano de 2006 ganhou o projeto de Lei de Incentivo à Cultura da Prefeitura Municipal de Amparo/SP, CD TERRA   BRASIL, projeto este que consiste numa pesquisa sobre música caipira com os integrantes do Coro de Meninos de São Francisco  de Assis e gravação de algumas manifestações culturais mineiras e músicas de sua autoria.
Em 2011 gravou seu 1º CD solo e também produziu o CD da Orquestra Feminina Viola de Saia. Em 2012, com o grupo Violeiros           Matutos, na etapa eliminatória do festival “Viola de Todos os Cantos” da EPTV (filiada à Rede Globo), ocorrida em Araraquara, SP, a música “Minha Siba” de sua autoria, defendida pelo grupo, classificou-se em primeiro lugar, garantindo a participação        na etapa final do evento, em Poços de Caldas, MG, quando conquistou o 3º lugar, na categoria “música raiz”.
No “Troféu Voto Popular”, também na categoria raiz, a canção “Minha Sina” foi a mais votada.
Com o parceiro Fábio Sombra, pela Zit Editora Sérgio Penna tem duas publicações de livros infantis. O primeiro “Duas Festas de Ciranda” e o segundo “Mês de Junho Tem São João”, ambos acompanhados com músicas típicas do estilo criadas pelos próprios autores.
Pela Giramundo Editora, uma de suas composições “Brincadeiras no Sertão” virou um livro ilustrado também para o público infantil. Essas ilustrações acompanham a letra da música onde Sérgio Penna relata suas brincadeiras de infância vivida na       roça onde nasceu.
Em 2013 será lançado o filme “O Maior Brasileiro” que conta a história de Frei Galvão, o primeiro Santo Brasileiro. Sérgio  Penna participa com arranjos de viola caipira na trilha sonora do filme, além de ter composto com o cantor, compositor e   também produtor do filme Malcolm Forest a moda de viola com o título “O Maior Brasileiro”.

Como músico de estúdio fez gravações no disco CINE MAZZAROPI do cantor Zé Paulo Medeiros, no disco ALMA CAIPIRA do cantor Cláudio Lacerda entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário