Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

sábado, 12 de maio de 2012

Pedro Paulo 12/05/12

Pedro Paulo
 (Fabiano de Paula), nasceu na cidade de Mogi-Guaçu-SP, filho caçula de 4 irmãos, conheceu a musica ainda criança aos 5 anos de idade. Fazendo pequena presentaçoes na propria cidade, mudou-se para Americana e lá eve contato com festa de peão e outros musicos, não foi dificil para ganhar a admiraçao de outros colegas com suas composições romanticas.
Aprendizado, amadurecimento e a busca de novas metas fizeram com o Pedro Paulo, após três CDS gravados em dupla e shows por todo o Brasil, partisse para a carreira solo.


Depois de ouvir muitas de suas composições nas vozes de outros cantores como: Zezé di Camargo e Luciano, Frank Aguiar, Edson e Hudson, Luiz Cláudio e Giuliano, César Menotti e Fabiano, Hugo e Tiago, Rionegro e Solimões, Pedro e Tiago, entre outros.
            Pedro Paulo laborou o CD que foi gravado em São Paulo e Uberlândia e produzido por Pedro Paulo e Luiz Cláudio, da dupla Luiz Cláudio e Giuliano.

 Intitulado como “Me Conquistou”, o CD contém quinze faixas escolhidas minuciosamente por Pedro Paulo em parceria com outros compositores e que já fizeram sucesso nas vozes de grandes duplas, foram selecionadas para estarem neste projeto.


São elas: “Abre a Janela”, “Chocolate com Pimenta”, “Amor e Ilusão”, “Eu de cá, você de lá”, “Eu sou peão”. O CD conta ainda com as faixas “Causa Perdida” e “E agora?” que já estiveram presentes em seus CDS anteriores e mais oito faixas inéditas. O resultado de tudo isso você confere no Album solo e "Me Conquistou".
Biografia enviada por santavitoria

Tostão e guarany
Tostão, já aprendeu a tocar violão de ouvido e a cantar desde criança. Seus pais tinham um conjunto no Rio Grande do Sul, que se apresentavam em bailes e logo cedo conviveu com o mundo artístico. E já em Campo Grande, convivia com outros artistas que se hospedavam no hotel de sua família, e muitas vezes tocava e cantava para que eles o ouvissem.
Aos 19 anos, formou uma dupla com Aurélio Miranda, em Campo Grande-MS, e gravaram um disco LP pela Gravadora Califómia (SP) e em seguida, outro pela Continental  - Chantecler (SP). Participou de inúmeros eventos como: Projeto "Prata da Casa", shows para Fundação de Cultura, Secretaria de Desenvolvimento Social, Prefeitura Municipal, e ainda em todo o Estado de MS e "Festa dos Estados" (RJ-1982), "Feira da Previdência" (RJ-1982), "Noite Sul-mato-grossense" (São Bernardo- SP-1982), show com Gonzaga, Gonzaguinha, Pepeu Gomes e Ney Matogrosso no Teatro Municipal de São Paulo-SP, show em Pedro Juan Caballero, em 1982, entre muitos outros.
Guarany, aos 13 anos de idade ganhou uma sanfona de 48 baixos e aprendeu a cantar ouvindo as músicas de Zé Correia e Dino Rocha. Começou a tocar em inúmeras festas, acompanhando seu tio Altair Rodrigues, o "Cheiro". Aos 15 anos, ganhou de seu padrinho, uma acordeom Todeschini de 80 baixos. Em seguida formou dupla com Lígia Mourão, o "Duo Canto Livre", acompanhado pela sanfoneira Itami.
A dupla durou por 03 anos, porém não chegou a gravar. Participou e venceu o 10º Festival de Música promovido pelo Fasul na Vila Bonanza e no próximo ano, tirou o 2º lugar no mesmo festival.
Em 1983, se conhecem, e após cantarem juntos por acaso, decidiram formar a dupla "Tostão e Guarany". Gravam um disco compacto pelo "La Selva"- Gravadora Universal Records.
Passam desde então a obter muito sucesso como artistas representantes da cultura sul-mato-grossense, apresentam-se constantemente em eventos e para públicos diferenciados, sempre com muito sucesso.
Atualmente estão realizando shows por todo o MS e fora do estado.
Em 2003 os 20 Anos de Tostão e Guarany é uma atração a mais dentro do contexto musical na região sul-mato-grossense.
Tuta e Tota
Filhos de Augusto Guerra (italiano) e Maria Arca (espanhola), os irmãos Oziel Guerra (Tuta) e Gérson Guerra (Tota) nasceram na cidade de Avaré, no interior do estado de São Paulo, onde passaram seus tempos de criança.
Ainda jovens, Oziel e Gérson trocaram sua Avaré natal pela capital paulista onde, no início da década de 50, iniciaram a carreira artística na Rádio Nacional (hoje Rádio Globo), no programa "Alvorada Cabocla", que era apresentado por José de Moura Barbosa, mais conhecido como Nhô Zé, todas as quintas-feiras, cantando da mesma forma como já faziam nos sítios e fazendas onde moraram.
Até que em 1956, atendendo ao convite do Comendador Biguá, trocaram a Rádio Nacional pela Rádio Bandeirantes, onde passaram a participar do programa "Brasil Caboclo", que era apresentado pelo Comendador Biguá e também pelo Capitão Barduíno. E, em paralelo, Tuta e Tota também trabalharam durante um ano ao lado do humorista Saracura na Rádio Tupi e também durante um ano na Rádio Record.
Em 1960 Tuta e Tota, juntamente como o saudoso Nascim Filho, passaram a produzir e apresentar na Rádio Bandeirantes o programa "Bom Dia Sertão" que ia ao ar todos os domingos, permanecendo no ar até 1995.
Em 1961, Tuta e Tota gravaram seu primeiro disco de 78 RPM pela gravadora Chantecler, com as músicas "Falso Juramento" (Tuta e Nelson Gomes) e "O Preço da Mentira” (Tuta e Tota), as quais são consideradas até hoje como sendo os maiores sucessos da dupla, e bastante solicitadas em programas de rádio e apresentações.
Em 1968, gravaram ainda um compacto simples com "A Força do Amor" (Nascim Filho e Cláudio Durante), música essa que foi vetada pela censura da época... (composição musical que falava apenas de amor...).
Tuta e Tota gravaram ao longo de sua carreira 1 disco 78 RPM, 3 LP's, 1 compacto simples e 1 CD.
Tuta têm bastante destaque como compositor, com mais de 300 músicas gravadas por vários intérpretes como Tonico e Tinoco, Leôncio e Leonel, Zico e Zéca, Liu e Léu, Abel e Caim, Pedro Bento e Zé da Estrada, Lourenço e Lourival, Vadico e Vidoco, Zilo e Zalo e Mário e Marin, entre outros.
Tuta e Tota viajaram por esse imenso Brasil em memoráveis apresentações, incluindo também diversos circos, por onde ajudaram a construir a história da genuína música caipira. Tuta atualmente reside em Diadema e Tota em Santo André, sendo que a dupla continua se apresentando por todo o Brasil e participando ativamente de diversos programas de Rádio e TV, apesar do pequeno número de discos gravados.
Além de integrar a dupla, Gerson Guerra, o Tota, é palestrante e pesquisador e também possui Formação Superior em Administração de Empresas e é pós-graduado em Administração da Produção e Produções Mecânicas. Tota foi também Professor Universitário no Curso de Administração de Empresas do Instituto de Ensino Superior Senador Flaquer de Santo André, ministrando as cadeiras de Administração de Produção, Planejamento, Controle da Produção e Estratégia Empresarial.
Tota prossegue fazendo Pós-Graduação na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e trabalha também na realização do Projeto "Violas e Violeiros" em parceria com o Ministério da Cultura.
Texto: Sandra Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário