Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Alex e Evandro

Alex e Evandro
A dupla se conheceu na cidade mineira de Itajubá onde Alex fazia o curso de Medicina e Evandro, o curso de Processamento de Dados. Tendo se formado primeiro, Evandro foi para a cidade de Londrina. Em 1999, Alex, depois de concluído o curso de Medicina, retornou para Londrina e, nesse ano, a dupla foi formada.
Em 2000, a dupla lançou o primeiro CD, "Pura mania", gravado de maneira independente e produzido pela dupla Preferido e Predileto. 


O disco contou com cinco composições da dupla, "Me procura", de Alex; "Jeito atrevido", de Evandro; "Pura mania", de Evandro e Alfredo e "Doente de amor" e "Depois da saideira", de Alex, Evandro e Alfredo, além de cinco de outros compositores.
Esse CD foi divulgado em shows por diversas cidades do Paraná, além de programas de Rádio daquele estado. Apresentaram-se também no estado de Mato Grosso do Sul e no Paraguai.
No mesmo ano, apresentaram-se na na 40ª Expo Agropecuária e Industrial de Londrina, abrindo o show de Rick e Renner, com um público estimado em mais de 25.000 pessoas.
Em 2001, foram convidados pela Sociedade Rural do Paraná e fizeram o show de abertura da 41ª Expo Agropecuária e Industrial de Londrina, apresentado-se antes do show de Leonardo. Em seus shows, a dupla costuma se apresentar com cinco músicos e quatro bailarinas. Por essa época, foram contratados pelo selo Caravelas/Sony que se interessou pelo trabalho da dupla.
Em 2002, a dupla lançou o segundo CD "Forró sertanejo", produzido por Mauro Almeida e que contou com as participações de Laércio Costa e Sylvinha Araújo e com arranjos de Marco Pontes e Marinho do Acordeom. O disco apresentava uma homenagem ao forró e constou do seguinte repertório: "Meu cenário", de Petrucio Amorin; "Feitiço de mulher", de Petrucio Amorin e Braulho de Castro; "A jiripoca vai piá", de Adriano Bernardes; "Você endoideceu meu coração", de Nando Cordel; "Amante anônimo", de Financeiro e Monetário; "Lembranças de um beijo", de Accioly Neto; "Jeito de menina", de Ito Moreno e um Pout Pourri com as músicas "Eu só quero um xodó" e "Eu me lembro", de Anastácia e Dominguinhos; "Dengo", de Waldir Luz e Daniel; "Cintura fina", de Zé Dantas e Luiz Gonzaga; "Sempre seu homem", de Cecílio Nena; "Mexe-mexe", de Nazildo e Altair Menezes e "Água de coco", de Jairo Góes e Edmar Neves.
Em 2003, apresentaram-se em concorrido show no Tênis Clube da cidade de Pérola, Paraná, além de realizarem outras apresentações em cidades daquele estado e em estados vizinhos.
A dupla gravou quatro CDs, e fizeram shows em diversas capitais e interior do Brasil.
Em 2005 Wilter Alexandre Campos, o Alex encerrou a parceria com o Evandro, se despediu de sua carreira de cantor
para dedicar-se a carreira de médico. Formado pela Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIT), Minas Gerais, desde 98. O médico Wilter Alexandre Campos, que é casado, têm duas filhas e atua na área clínica de Dermatologia e Estética em Londrina desde 1999.
"O que eu fazia com a música naquela época, hoje faço com a medicina", argumenta Wilter. "Foi uma experiência muito boa, mas tive que optar entre a vida noturna, e princípios de uma vida com Deus'", relata. E, saudoso lembra-se de algumas músicas gravadas: Procura-me, Jeito de menina, Feitiço de mulher, Não me diga não, Tô dando o fora, entre outras.
Biografia enviada por Elizabeth em 19/5/2010

Alex e Alessandro
Depois de quatro anos na estrada, começa a sentir o sabor do sucesso. Além de shows em todo o Mato Grosso do Sul, os douradenses tem se apresentado pelo interior de São Paulo, Paraná e Mato Grosso.
"Também estamos comemorando o sucesso de canções como ‘Chorar Baixinho’ e ‘Carinho de Mulher’, que já aparecem entre as mais pedidas pelos ouvintes nas emissoras de rádio de todo o Estado", conta Alessandro.
A dupla também destaca o apoio de amigos e parceiros nesta trajetória, principalmente de um empresário de Eldorado que decidiu presentea-los com um ônibus para transportar toda banda nos shows pelo Brasil afora. Outro destaque é o site (www.alexe alessandro.com.br) que foi totalmente reformulado e, além de bancos de imagens, galerias, agenda de shows, histórico da dupla, ainda traz downloads de músicas dos dois CDs.
Alex, douradense, conheceu a música participando de um grupo de jovens. As vezes ia ao ensaio atrapalhar os amigos com seu primeiro violão, cordas altas, verde com preto e uma afinação "daquelas". Ele sentiu o presente que Deus lhe deu, o Dom, e logo estava nos palcos da noite, cantando em bares, tocando em bandas, ou no meio dos amigos batalhando para mostrar seu talento no meio musical. Dono de um estilo variado, o cantor escreve canções e interpreta do pop a MPB e rock internacional.
Alessandro, naviraiense, ganhou seu primeiro violão de seu pai quando retornou de Cuiabá (MT), onde morava com a avó. Um amigo da família, João Elias (in memorian), foi quem lhe deu as primeiras aulas. Aos 12 anos participou do seu 1º festival de música, na cidade de Iguatemi (MS) e, daí em diante, onde tinha gente reunida, um churrasco ou festas, lá estava ele.
Em outubro de 2000 começou a trabalhar fazendo shows profissionalmente, com o amigo Wagner e, em 2003 mudou-se para Dourados. Depois de um ano fora dos palcos, começou tudo de novo, junto com Alex, apresentado pelo amigo Marco Aurélio e hoje técnico de som da dupla.
Alex estava gravando um CD solo na produtora Gamma 3, enquanto Alessandro pensava em parar mais uma vez. Algumas semanas depois foram contratados para cantar em Eldorado (MS), onde numa tarde de muita alegria eles conseguiram o estímulo que faltava para continuar a longa caminhada.
Foram gravados seis mil cópias do DVD e CD "Me Chama", que estão sendo distribuídas pelas principais lojas do ramo no Estado. Em Dourados, a distribuição é exclusiva de A Musical.
A captação de som e imagem ocorreu durante um grande show que lotou o Rancho Universitário de Dourados no dia 2 de novembro. "As imagens foram produzidas pela Gamma 3 e o áudio foi captado pelo Studio Ritmus, com acompanhamento do maestro Irineu Rocha", explica Alessandro. "Optamos por estas duas empresas porque, além de ser douradenses como a gente, elas não deixam nada a dever para as produtoras de outras regiões do Estado ou do País", enfatiza Alex.
"É importante ressaltar, contudo, que a produção tanto do DVD quanto do CD ficou a cargo da Unimar Music de São Paulo, a mesma produtora que finalizou os DVDs do Grupo Tradição e da dupla João Bosco e Vinícius", salienta.
Biografia enviada por Elizabeth em 10/12/2009
Você Sabia?
Com 5 anos de estrada, Alex & Alessandro gravaram o novo cd "ao vivo", no dia 19 de setembro/2009, em Naviraí/MS, no Villa Sertão. Os cantores decidiram gravar em Naviraí, pelo fato de se sentirem "cantando em casa", a dupla já conhece o público e também por ser esta a cidade natal do cantor Alessandro.
Contribuição de Elizabeth
A dupla Alex e Alessandro vem se destacando no cenário nacional do movimento sertanejo com músicas próprias e emplacando canções com artistas consagrados pelo Brasil, dentre eles a dupla Maria Cecília e Rodolfo, que gravou a música "Bagunçando o meu Coração", de autoria do cantor Alessandro.
Contribuição de Elizabeth
"Gota d'água", uma das músicas de trabalho da dupla Alex e Alessandro, vem sendo divulgada no disco promocional e abrindo as portas para a dupla em outros estados. O diferencial da música é que ela é toda composta com títulos de músicas sertanejas que estiveram nas paradas de sucesso nestes últimos anos.
Contribuição de Elizabeth

Alex e Yvan
Alex Ferreira Maidana, (Alex) e Ivan Pereira (Yvan), começaram a cantar juntos no dia 13 de maio de 2005 após o término de uma banda que tocavam em Bodoquena / MS.
Alex e Yvan conhecidos como "Os Violeiros de Bodoquena/MS", a dupla faz sucesso a quase três anos e são conhecidos em todo o Estado como os representantes da música Sertaneja Pantaneira.
Donos de uma simplicidade e simpatia única, a dupla vêm trabalhando a música “Porta a Fora”, marco na carreira de “Alex e Yvan” e uma das canções que não pode faltar no show da dupla.
As primeiras apresentações da recém formada dupla, foi ainda em Bodoquena nas lanchonetes de amigos, eram apenas Alex e Yvan com dois violões, entre uma apresentação e outra, surgiram os elogios. Gradativamente o público foi aumentando, a pequena cidade de Bodoquena foi insuficiente para o talento dos jovens violeiros.
Com divulgação boca a boca, a dupla foi se destacando e recebendo convites para se apresentarem nas cidades vizinhas. A partir daí, o sucesso foi rápido a dupla começou a ser contratados quase todos os finais de semana para animar eventos, festas e exposições em toda a região.
Em sua primeira apresentação na capital eles conheceram Leonardo Costa, proprietário da LC Mudanças, que aceitou o convite da dupla e passou então a completar e consolidar a futura carreira de sucesso como empresário dos violeiros de Bodoquena Alex e Yvan.
Contando com a experiência de administração do empresário Leonardo Costa, a dupla Alex e Yvan vem conseguindo se destacar entre os principais nomes da música sertaneja de Mato Grosso do Sul. A dupla possui uma completa estrutura para show’s: equipamento de Sonorização e Iluminação, transporte próprio (ônibus), banda fixa, e ainda como contato do músicos seus fãs-clubes (Porta à fora e Amigos de Alex e Yvan).
As principais rádios da capital e do interior do estado (Am e FM) estão tocando seus sucessos: "Esnobado no Fim", "Amor de Violeiro" e "Porta à Fora".
Biografia enviada por Elizabeth em 8/2/2010

Álvaro & Daniel
Adotam um estilo que faz uma junção entre a moda caipira e o sertanejo moderno. Com muito pouco tempo de união já conquistaram um programa na rádio curitibana 98 FM (98.9). Os fãs sertanejos podem acompanhar o programa semanal, butinada98, que é exibido aos domingos das 13 às 15 horas, apresentado pela dupla.
Os amigos com menos de dois anos de formação já possuem um grande sucesso: o primeiro trabalho, "CD e DVD Álvaro & Daniel-Ao Vivo" que conta com as músicas, cowboy solteiro, mais um agito e aqui é seu lugar. A música estrela faz parte da trilha sonora da novela Paraíso da Rede Globo. O CD tem 22 canções, sendo sete regravações e 15 músicas inéditas, destaque para as participações do grupo Garotos de Ouro e Léo e Giba.
A dupla foi considerada uma das grandes revelações da música sertaneja em 2008. Depois de solidificar o trabalho no Paraná, Álvaro & Daniel querem conquistar o Brasil. Os amigos usam o talento musical para resgatar o que existe de novo no cenário sertanejo sem jamais esquecer as raízes caipiras.
Biografia enviada por ana_fada em 23/7/2009

André e Adriano
É formada por dois amigos que começaram à cantar em Goiânia em 1992. André e Adriano completam, em 2009, 17 anos de carreira. Ao longo dos anos, tiveram muitas músicas de sucesso.
Em 1999, veio o maior sucesso, com a música A Jiripoca Vai Piá, composição do próprio Adriano. O CD contendo esse sucesso vendeu mais de 100 mil cópias.
Como outros grandes nomes da música sertaneja, "André e Adriano" são goianos, porém não são irmãos.
Ambos de formação humilde começaram na música logo na adolescência. Adriano começou a tocar nas noites goianas em 1989, aos 19 anos, e André participava de festivais de música desde a infância no Interior do Estado.
Em 1993 se conheceram e começaram a cantar juntos, dando início a uma luta conjunta por um sonho comum: gravar seu primeiro disco e conquistar espaço no cenário nacional. Desde então passaram a tocar na noite goiana em bares, restaurantes e boates.
Gravaram o primeiro trabalho em 1994 (ainda em vinil) o primeiro CD(LP) “Toque de Mágica”, em 1994. Com produção independente e distribuição da San Francisco Discos. Destacou-se neste disco a música "Toque de Mágica".
Com o que ganhavam tocando na noite começaram a divulgar seu trabalho em Minas e São Paulo, viajando de ônibus de cidade em cidade e visitando cada rádio.
Em 1996 veio o convite da gravadora BMG para gravação do segundo trabalho. Este (já em CD) teve duas músicas com excelente aceitação: "Te Amo" e "Talvez seja Amor".
No início de 1999, com novos empresários, conseguiram gravar um novo CD. A gravadora Velas se interessou pelo trabalho e deu-se início à divulgação da dupla. Com este CD veio os sucessos "Dose de Paixão", regravada por "Rick & Renner"; "Água de Coco", regravada por "Leonardo"; "A Jiripóca Vai Piá", regravada por "Daniel". Todas com ritmo dançante. Veio também neste trabalho o sucesso na forma de músicas românticas como "Ter de Volta seu Amor" e "Me dê uma Chance". 
O quinto trabalho de "André & Adriano" teve o tema: "Nosso Amor é um Show". Além da faixa tema o CD trouxe outras faixas que conquistaram o público: "Tá Legal" "Mordida de Amor" (regravação do grupo Yahoo) "Onde tem fumaça tem fogo" (com participação do grupo Falamansa) o arrasta pé "Vou gastar meus 10 reais" (trilha sonora do seriado da Rede Globo “Carga Pesada”).
André e Adriano iniciavam um novo momento na carreira. Residindo em São Paulo, com um novo escritório e um trabalho para “Sacramentar” sua carreira nacional. O sexto disco da dupla teve como faixa tema a música “Sacramentado”, além dos sucessos: “Vem me namorar”, “Rapadura”, “Vai”,
“Perdoa”, entre outros.
Em comemoração aos 15 anos de carreira, a dupla gravou seu primeiro DVD + CD Ao Vivo.
Emplacaram no rádio as músicas “Amei”, “O Fora”, românticas bem ao estilo universitário, além das dançantes “Rei da Balada” e “Tá Sobrando Mulher”.
Em 2008 deram um grande salto na sua carreira com o lançamento do primeiro CD + DVD “Ter de Volta o Seu Amor” ao vivo pela gravadora Som Livre.
As músicas que cativaram o público foram "Rapadura" “Sertanejo ou Pancadão”, em parceria com o cantor Latino, e a mais recente “Você Não Vale Nada”, e é claro o grande sucesso que esta na boca da galera, "Beber Cair e Levantar". “Beber, Cair e Levantar”, alcançou o primeiro lugar em todas as rádios do Brasil. Emplacaram também os sucessos.
A dupla teve várias músicas gravadas por outros interpretes como “A Fila Anda” de Leonardo e “a Jiripóca vai Piá” por Daniel.
O mais novo sucesso da dupla é a música “VOCÊ NÃO VALE NADA” que está entre as 10 mais tocadas de todo o país.
André e Adriano realizam por ano mais de 120 shows, sempre com casa lotada. Recentemente gravaram outro grande sucesso com o cantor Latino, "Pancadão ou Sertanejo".
Agora a dupla acaba de lançar uma nova música, "Buzão de Mulher", canção do novo CD que será lançado nesse mês e que promete arrebentar nas paradas de sucesso.
André
Rodrigo Dióz Simmonds (Goiânia, 14 de Abril de 1972), o André. Criado em Aragarças, cidade às margens do rio Araguaia, na divisa de Goiás e Mato Grosso. Voltando para Goiânia, continuou seus estudos e ingressou na Faculdade de Direito, mas abandonou tudo por sua maior paixão: a música. Já foi caixa de uma Casa Lotérica.
Adriano
Geovanny Bernardes de Sousa (Goiânia, 30 de Julho de 1967), o Adriano. Começou a cantar logo aos 19 anos, nas noites goianas. Além de intérprete, Adriano também é compositor. Fez diversas músicas, dentre as de mais sucesso estão A Jiripoca Vai Piá, cantada por Daniel, e A Fila Anda, interpretada por Leonardo. Antes de entrar no mundo da música, Adriano era bancário.

Biografia enviada por Elizabeth em 23/11/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário